Em Foco, Notícias, iPad, iPhone/iPod Touch

Impressões sobre o Audiobus 3 e apps Midiflow: plugins AU no iOS e funções MIDI

Marcus Padrini maio 9, 2017 No Comments »

Lançado há pouco mais de um mês, o Audiobus 3 é a evolução (e até mesmo a revolução) da série Audiobus. O app, famoso por possibilitar a transmissão e processamento de áudio entre aplicativos musicais iOS, agora conta também com suporte a plugins AU para iOS e funcionalidades MIDI!

Após passar algum tempo testando o novo Audiobus 3 e seus apps de efeitos MIDI (todos criados pelo mesmo desenvolvedor do Midiflow), notei alguns pontos interessantes:

Tela de conexão MIDI: Controlador USB já identificado automaticamente pelo Audiobus

1- Nunca foi tão fácil trabalhar com diferentes apps musicais e controladores! Com o suporte MIDI e alguns apps já totalmente integrados ao Audiobus, acabou aquela necessidade de abrir 200 telas para configurar cada coisa.

Efeito MIDI possibilita criar layers e splits com diferentes apps musicais.

2- O Audiobus 3 já reconhece os controladores MIDI conectados ao iPad/iPhone. Podemos selecionar se usaremos todos os canais MIDI que o controlador enviar, ou apenas um canal específico para cada conexão com aplicativos.

Uma vez que o controlador foi reconhecido, podemos adicionar uma série de efeitos MIDI, úteis para dividir o teclado em dois apps, fazendo splits, ou criar timbres com várias camadas (layers). Quem já viu meu vídeo sobre o Midiflow, pode imaginar o que quero dizer. É basicamente contar com um Midiflow integrado ao Audiobus!

Synth iSEM funcionando como plugin Audio Unit dentro do Audiobus.

3- A utilização de plugins Audio Unit pode ser o futuro da produção musical no iOS. Apps sintetizadores e efeitos já disponíveis como plugins podem funcionar dentro do Audiobus, o que agiliza e facilita as configurações. iSEM, CMP Piano, Beathawk e outros já funcionam dessa forma. Ah, como são plugins, podemos trabalhar com várias instâncias de cada um simultaneamente!

Outra grande vantagem é que, assim como acontece nos DAWs para Mac e Windows, a utilização de plugins no iOS permite que o Audiobus grave todas as configurações quando gera presets. Ou seja, seus sons e ajustes em cada plugin será gravado automaticamente para utilização futura.

4- O Mixer é autoexplicativo! Extremamente prático e funcional para mixar diferentes apps sem ter que recorrer a mais outro aplicativo.

Vários apps sendo processados por diferentes instâncias do Plugin Zero Reverb. Todos estão sendo comandados via MIDI pelo sequenciador Fugue Machine. A Drum Machine Funk Box toca no tempo correto, graças ao Ableton Link.

5- Combinar tudo em um só lugar pode trazer muitas vantagens. Com MIDI, áudio, efeitos, plugins e compatibilidade com Ableton Link funcionando dentro do Audiobus 3, nunca foi tão simples colocar sequenciadores para comandar diferentes synths e ainda contar com uma drum machine tocando no tempo correto, com o play acionado pelo próprio Audiobus.

O que ainda pode melhorar? Como é um lançamento, vários apps ainda não foram atualizados para o funcionamento integral com o novo Audiobus. Eles irão funcionar, mas sem todos os recursos.

A parte de presets do Audiobus ainda não é muito estável. Há alguns erros de configuração carregando um preset ou outro. Preciso testar mais esse recurso para saber se ele será útil para tocar ao vivo com o iPad, fazendo a troca de timbres rapidamente. Vou comentando aqui e também farei um vídeo em breve com outras impressões e testes :)

Audiobus 3 (AppStore Link) Audiobus 3
Desenvolvedor: Audiobus Pty. Ltd.
Preço: USD 9.99
Baixar na App Store!


Posts Relacionados

Leave A Response


dois + 8 =