FM Piano Song: Propellerhead PX7 para Reason e Moog Sub 37

Olhando alguns arquivos mais antigos, achei a minha velha coleção de timbres para o Yamaha DX7. Ele foi o meu primeiro sintetizador há muitos anos. Então, me lembrei do quanto gosto da síntese FM, muito temida por muitos, mas que não é nada de outro planeta. A ideia, de forma básica, é produzir timbres fazendo com que uma forma de onda simples possa ter a sua frequências modulada por uma outra forma de onda também com frequência na faixa audível, gerando waveforms mais complexas. Daí o nome FM (Frequency Modulation). Os sons criados podem ser extremamente limpos e brilhantes, como o clássico piano do DX7, metálicos, percussivos e também agressivos e distorcidos.

Atualmente, temos algumas boas opções para tocar com os clássicos timbres do DX7 sem necessariamente ter um. A Native Instruments oferece o FM8, VSTi que é a evolução do FM7, que permite importar timbres do DX7. Para quem usa o Reason, uma ótima sugestão é o PX7, extensão de rack capaz de simulador o DX7, desenvolvida pela própria Propellerhead e que também possibilita e importação de timbres do DX através de um conversor online. Há versão para avaliação, com todos os recursos liberados por 30 dias.

Fiz os testes com o PX7 e a qualidade me surpreendeu. É o melhor simulador de DX7 que já testei. Importei um dos meus pianos FM favoritos e gravei algo contando também com o Moog Sub 37:

No iPad também temos algumas opções para a síntese FM. Porém, todos os apps possuem especificações inferiores ao DX7 tradicional, pelo menos em suas versões básicas, contando com menos operadores. O TF7 permite liberar mais dois operadores, igualando o número do DX. De toda forma, são interessantes para aprender síntese FM e criar timbres de maneira um pouco diferente da utilizada na onipresente síntese subtrativa.

[app 910545680]

[app 370138065]

[app 718101734]

Curta e compartilhe!