Matérias, Notícias, Outros Dispositivos, iPad

Korg iElectribe para iPad x Korg Electribe ER-1: semelhanças e diferenças na comparação entre app e hardware

Marcus Padrini dezembro 10, 2014 No Comments »

Já postei aqui algumas comparações entre instrumentos reais e suas versões virtuais para computador ou iPad. A mais recente foi entre o sintetizador Korg MS-20 mini e o app Korg iMS-20. Geralmente, comparar instrumentos analógicos e suas simulações em software costuma ser difícil, sempre entrando na eterna discussão da diferença sonora entre analógicos e digitais. Porém, e quando falamos da recriação em software de um instrumento digital? Será que um app para iPad seria capaz de soar de forma idêntica ao instrumento original? Talvez ainda melhor e com mais recursos?  Decidi fazer o teste com um dos apps musicais que mais gosto, o iElectribe da Korg.

Electribe e iElectribe

Lançado em 2010, o iElectribe foi inspirado na linha Electribe , principalmente no modelo R que apresenta drum machines que tem como característica a criação de timbres de percussão sem a utilização de samples. Nestes instrumentos, boa parte dos sons é criada por síntese sonora, seja subtrativa ou FM. O maior exemplo da linha Electribe R é o modelo ER-1, lançado em 1999. A Korg afirma ter recriado no iElectribe para iPad o mesmo motor sonoro do Electribe ER-1.

Electribe ER-1

No ER-1 temos 4 partes com sintetizador, que poderão ser usadas para a criação de timbres de percussão e outros, 2 partes de áudio externo e mais 4 partes de instrumentos PCM, trazendo timbres que geralmente são difíceis de se obter por meio de síntese sonora, como claps, pratos, etc. Há um efeito de delay disponível e compartilhado entre todos os instrumentos. E o maior destaque da ER-1: a possibilidade de gravar as alterações de knobs em tempo real, chamada de Motion Sequence.

O iElectribe tem tudo o que a ER-1 oferece, mas apresenta também novos recursos, alguns claramente inspirados nos modelos mais recentes das Electribes, como a EMX-1 e a ESX-1. Disponibilidade de vários efeitos além do delay, cross modulation e simulação de distorção de válvulas são alguns dos diferenciais.

Comparando app e hardware

Mas, se formos comparar apenas os recursos comuns, iElectribe e Electribe ER-1 soam de forma idêntica?  O comportamento da geração de sons é realmente igual durante a edição? Confira o vídeo e depois os comentários sobre o teste.

A primeira descoberta foi: se colocarmos nos dois instrumentos as configurações idênticas de cada timbre, eles simplesmente não irão soar de forma semelhante. A posição/escala dos knobs não tem relação entre os instrumentos. O posicionamento semelhante serve somente como ponto de partida para a obtenção de timbres semelhantes. Para chegar a um bom resultado, apenas confiando no ouvido e trabalhando com os parâmetros de forma sutil.

Sobre os sintetizadores, achei interessante as diferenças na hora de gerar timbres de bass drum (ou bumbo). Configurações semelhantes sempre geravam sons muito diferentes e mesmo com muito esforço nos ajustes foi bem difícil conseguir timbres iguais ou pelo menos semelhantes. A ER-1 apresenta mais punch nos timbres de kick drum. Nos demais timbres, simples ajustes fizeram tudo ficar bem parecido. Algun timbres ficaram realmente idênticos.

Pontos positivos e negativos de cada um

Electribe ER-1

Prós: timbre com mais punch nas frequências mais graves, delay de melhor qualidade e experiência de uso superior com knobs e botões reais. Duas entradas de áudio podem ser utilizadas como instrumentos adicionais, inclusive podendo ser sintetizadas via Ring Modulator com uma das partes de sintetizador.

Contras: é impossível fazer com que determinadas partes não sejam processadas pelo delay quando ele está ativo, há apenas um efeito disponível, ausência da Cross Modulation, ligeira pausa no som na mudança automática de patterns, o que não ocorre no iElectribe. Os timbres PCM possuem edição limitada, as configurações de sintetizador não fazem efeito nestes sons.

Vale conferir a sonoridade do Electribe ER-1 no vídeo abaixo:

iElectribe

Prós: 8 efeitos disponíveis, incluindo filtro, chorus e grain shifter. Simulação de distorção de válvulas, bem legal para timbres mais agressivos. Presença de mais formas de ondas no sintetizador. Cross Modulation para criar timbres FM muito interessantes. Efeito pode ser ativado e desativado por parte. Timbres PCM sofrem ação de parâmetros do sintetizador e podem ser transformados em sons completamente diferentes. Ter a sonoridade de um Electribe R pagando apenas 10 dólares (na promoção que termina 11-12-14) ou 20 dólares no preço normal é um ótimo diferencial.

Contras: O botão giratório virtual para mudança de patterns é muito sensível, o que gera mudanças equivocadas. O problema pode ser corrigido usando o recurso de Pattern Set. Não é possível processar áudio externo com o iElectribe. Como estamos falando de um app para iPad, seria bem legal que a interação do iElectribe com outros apps musicais fosse melhor. Ele poderia ser visto como porta MIDI virtual, por exemplo. De qualquer forma, vale ressaltar a compatibilidade Audiobus e a implementação MIDI, que permite ajustar parâmetros usando controladores, além de possibilitar o sincronismo do iElectribe com outros instrumentos MIDI.

Confira o vídeo oficial de apresentação do iElectribe:

De forma geral, o iElectribe me surpreendeu muito durante os testes comparativos. Ele faz praticamente tudo que o ER-1 é capaz de fazer e ainda oferece outros recursos que diversificam a sonoridade e aumentam seu potencial criativo. Estamos falando de um app criado em 2010, mas que não ficou esquecido pela Korg. Atualizações importantes aconteceram nos últimos 4 anos, incluindo MIDI, Audiobus e, mais recentemente, o exclusivo recurso Beat Flutter.

Se você gosta de drum machines que oferecem muito controle sobre os sons gerados e permitem a criação de timbres bastante inusitados, Electribe ER-1 e iElectribe são excelentes opções. A primeira está fora de linha há alguns anos e de quando em quando aparece em sites como Mercado Livre e outros. A segunda pode ser comprada e baixada a qualquer momento em seu iPad, custando muito menos que o hardware e oferecendo excelente sonoridade acompanhada de ainda mais recursos.

KORG iELECTRIBE for iPad (AppStore Link) KORG iELECTRIBE for iPad
Desenvolvedor: KORG INC.
Preço: USD 19.99
Baixar na App Store!


Posts Relacionados

Leave A Response


3 + = sete