Edifier Studio 8 (R2800): novos monitores de áudio trazem ainda mais potência (review)

Review Edifier R2800 Studio 8

Os leitores que acompanham o MusicApps sabem que já realizei algumas resenhas de caixas amplificadas e monitores de áudio da Edifier. A marca, já bastante conhecida na linha de Home Theater e informática, tem apresentado novos produtos muito interessantes também para os músicos. Já havia elogiado os monitores R2000T, R2600 e R2700 pela qualidade de construção, sonoridade e custo x benefício.

Quando fiquei sabendo do lançamento dos monitores Studio 8 R2800, com a maior potência da linha studio 2.0, quis logo testá-los! Seria possível aumentar a potência preservando todas as qualidades dos modelos anteriores? É o que vamos descobrir neste review.

Características dos Studio 8 R2800

Os monitores Studio 8 são os maiores e mais potentes da linha 2.0 da Edifier. O modelo é ativo (amplificado), composto por 2 caixas de 3 vias, cada uma com 25,8cm x 46,3cm x 32cm (LxAxP). Ambas oferecem juntas 140W RMS de potência (16w x2 + 18w x 2 + 36w x2).

Com estas medidas, é bom possuir algum espaço para posicioná-las de forma adequada. Veja a comparação com a altura de um iMac 21,5″.

Cada caixa possui um falante de 8″ para graves, outro de 4″ para médios e tweeter ¾” para agudos. As caixas também apresentam proteção magnética, possibilitando o posicionamento próximo à computadores e outros equipamentos sem nenhum problema.

São 4 entradas de áudio. Duas analógicas RCA e duas digitais (óptica e coaxial). A seleção da entrada que será reproduzida pelos monitores é feita pressionando o botão de volume, presente no painel lateral, que também oferece equalização de graves e agudos, ou através do controle remoto, capaz também de controlar o volume e silenciar as caixas a qualquer momento.

A ligação entre os monitores acontece com a utilização de um cabo XLR que já chega com a unidade amplificada.

Assim como demais modelos da Edifier, o R2800 chega com todos os acessórios necessários para utilizá-lo imediatamente. Há cabos RCA x RCA, P2 Stereo x RCA e óptico, além do controle remoto e cabo de energia.

Mais uma vez, vale citar a qualidade de construção da Edifier. As caixas possuem estrutura de madeira, parecem ser bastante resistentes e contam com ótimo visual dos falantes na cor prata.

Sonoridade

Desde que realizei a última resenha de produtos Edifier, em abril do ano passado, utilizo no home studio os monitores Edifier R2700. Antes utilizava modelos da Roland e M-audio. Então, possuo um referencial interessante para avaliar os R2800.

Assim como ocorreu com o R2700, também não precisei realizar nenhum ajuste de equalização para que os R2800 soassem equilibrados. O áudio é claro e definido, os graves possuem ótima presença e a potência é bem maior do que a normalmente necessária em um home studio. Ao mesmo tempo, é ideal para amplificar instrumentos musicais diversos. Teclados e sintetizadores soaram muito bem com o modelo R2800, mesmo em volumes bastante elevados.

A relação entre as faixas de frequência é muito semelhante à encontrada no modelo R2700. As únicas diferenças realmente perceptíveis são a potência maior do novo modelo (140W contra 128W do modelo anterior) e o desempenho nos graves, graças ao falante de 8″.

Para quem desejar, é possível acentuar ou cortar frequências graves e agudas a partir do painel lateral. Aliás, estes controles de equalização contam tecnologia DSP para permitir alterações de +/- 6Db nos agudos e +/- 12Db nos graves.

Silêncio quando nada está sendo reproduzido, ausência de distorção em volumes mais elevados

A potência aumentou, mas o silêncio das Studio 8 quando nada está sendo reproduzido continua o mesmo dos modelos anteriores. É quase impossível perceber que as caixas estão ligadas quando nada está sendo reproduzido.

Outro ponto positivo é poder elevar o volume sem se preocupar com distorções no áudio, ou com o tradicional “falante rachando”. Mesmo monitorando faixas e instrumentos com graves mais acentuados, o comportamento do R2800 é ótimo. Tão bom que me fez pensar no teste a seguir.

No Home Studio e no Estúdio de ensaio

140W é potência comparável à amplificadores combo para instrumentos musicais. Com boa potência e áudio equilibrado, imaginei que a Studio 8 poderia também me ajudar nos ensaios com a banda Dogma.

Há tempos, procurava uma opção interessante para ouvir os teclados/iPad/Flauta nos ensaios da banda com a mesma qualidade que encontro na hora de criar meus timbres no home studio. Amplificadores tradicionais de teclado são legais, mas, além de caros, costumam trabalham em mono. Outras caixas acústicas e amplificadas que testei, geralmente valorizavam demais alguma faixa de frequência, mudando os meus timbres.

Claro que as Studio 8 não são caixas para você carregar para todo os lugares o tempo todo, como seriam os amplificadores combo. Porém, por contarmos com estúdio próprio para ensaio, sem a necessidade de montar e desmontar os equipamentos, o modelo foi um achado para a finalidade.

Liguei as R2800 em parceria com mais uma caixa específica para graves que já possuía no estúdio (com falante de 15″) e o resultado foi excelente. Som em estéreo, ótimo volume, mesmo com a banda tocando com guitarra, baixo e bateria!

Custo x benefício

Pesquisando na internet, vi que o modelo Edifier Studio 8 R2800 já pode ser encontrado em alguns sites. Os preços variam entre 1.300 e 1.999 reais. Mesmo no preço máximo encontrado, é difícil argumentar de forma contrária à ótima relação custo x benefício destes monitores. Pelos equipamentos que testo regularmente, acho praticamente impossível encontrar algo semelhante, capaz de oferecer as mesmas qualidades e recursos, na mesma faixa de preço.

Respondendo bem em diferentes níveis de volume e apresentando maior potência, contando agora com falante de 8″, a versatilidade é a maior qualidade do Studio 8 (R2800). É uma excelente opção para home studio, prática de instrumentos musicais, equipamento complementar em ensaios ou simplesmente para ouvir música com muita qualidade.

Saiba mais sobre os produtos Edifier acessando o http://www.edifierstudio.com.br

Curta e compartilhe!