Inter-App Audio: conheça o novo recurso do iOS 7 para compartilhamento de áudio e MIDI entre apps musicais para iPad e iPhone

O iOS 7 chegou trazendo um novo recurso para quem faz música com iPads e iPhones: o Inter-App Audio. Trata-se de uma funcionalidade, desenvolvida pela própria Apple, capaz de permitir o envio/recebimento de áudio e MIDI entre apps para o iOS. Mas como e onde isto funciona e quais seriam as vantagens do Inter-app audio em relação ao já popular Audiobus?

Vamos começar pela segunda parte da pergunta. Como sabemos, o Audiobus é um app (sensacional) desenvolvido por terceiros e não pela Apple. Isto já basta para dizer que o Inter-app audio tem acesso à recursos do iOS que nem o Audiobus ou qualquer outro app poderia ter. Desenvolvedores afirmam que o Inter-app audio oferece a transmissão de áudio e MIDI entre apps em tempo real, sem nenhuma latência adicional. Não há intermediários. O áudio produzido em um app já chega ao outro no momento em que está sendo gerado, significando ganhos de performance.  Por fim, não podemos esquecer a palavra mágica que nem aparece no nome da novidade: MIDI. Sim, o Inter-App Audio também é capaz de enviar informações MIDI simultaneamente ao áudio, algo que o Audiobus não pode fazer, pelo menos por enquanto.

“Muito legal, ótima ideia, mas como eu faço pra usar isso?”, você pensa. E a resposta ainda não é tão legal quanto o conceito. O Inter-App Audio possui pouquíssimos apps compatíveis no momento. Porém, já é possível ver como a novidade irá funcionar quando mais apps forem capazes de funcionar com o recurso.

O TNR-i da Yamaha, indisponível na app store brasileira, foi um dos primeiros apps a receber o recurso. Por ser um sequenciador MIDI, a Yamaha incluiu no TNR-i a possibilidade de vincular a saída MIDI de cada uma de suas 16 pistas a um app compatível com o recurso Inter-App Audio.

Escolhendo qual app funcionará como instrumento virtual para uma pista MIDI do TNR-i

É curioso notar que o app que funcionará como instrumento do TNR-i nem mesmo precisa estar visualmente aberto para tocar. Ao selecionar o Alchemy, ou o Magellan, o app já começa a tocar e nem mesmo aparece aberto quando pressionamos o botão home 2 vezes. Óbvio que para editar os sons é necessário abri-lo.

Quando abrimos o app que está recebendo os dados MIDI do TNR-i o que vemos é uma pequena aba, semelhante à do Audiobus, com o ícone do app que está enviando as informações e um controle básico de play/rec (parte superior da imagem abaixo).

Synth And Drum Yamaha com Inter-App Audio

Ainda não temos um app mais popular que esteja trabalhando com a gravação de áudio via inter-app audio, mas já sabemos que o Auriaprepara a sua versão compatível com o recurso. Neste caso, será possível tocar com qualquer app compatível gravando o áudio diretamente no Auria, sem nenhuma configuração especial. O mesmo poderá ocorrer com processadores de efeito, assim que eles forem compatíveis com o Inter-App Audio. Vale lembrar: disse acima que o Inter-App Audio não gera latência adicional por não ter intermediários. Então, esta é a abordagem mais próxima de um plugin rodando em um host (DAW) que já tivemos no iOS.

Agora é esperar pelas atualizações dos apps que mais gostamos trazendo o recurso. Por uma funcionalidade do próprio iOS, acredito que será extremamente popular em um curto período.

Curta e compartilhe!