Instrumentos e Acessórios, Mac, Matérias, Notícias, Reviews, iPad, iPhone/iPod Touch

iRig HD: a evolução do iRig com qualidade digital para iPhone, iPad e Mac (Review)

Marcus Padrini agosto 1, 2013 58 Comments »

irig HD

Quando foi lançado, em 2010, já era possível prever que o Amplitube iRig, pequeno adaptador que permite a ligação de guitarras, baixos e outros instrumentos ao iPad/iPhone/iPod Touch, seria um grande sucesso de vendas da IK Multimedia. Agora, o popular acessório recebe a sua nova versão, a iRig HD, uma interface de áudio com qualidade digital, extremamente compacta e compatível com os dispositivos iOS e computadores Mac.

Tive a oportunidade de passar algumas semanas com a iRig HD (enviada pela Quanta Store) e realizar diversos testes. Todos os detalhes sobre a iRig HD, você confere agora, em mais este review do MusicApps.

O que há na caixa?

Além da própria interface, temos manual de instrução, CD com software para o Mac, alguns impressos da IK Multimedia e três cabos, um para cada tipo de ligação que pode ser realizada usando a iRig HD: conexão USB para Macs, conexão 30 pinos (dock), para dispositivos iOS mais antigos, e conexão lightning, para os iPhones/iPads/iPods Touch mais recentes.

Vamos a um rápido unboxing:

Construção e características

A iRig HD é feita de um tipo de plástico bastante resistente. Diferente do iRig tradicional, a iRig HD tem um acabamento com textura emborrachada, que oferece maior aderência e também parece tornar o acessório mais resistente à quedas e impactos.  A principal diferença entre os dois modelos está na maneira como o áudio é capturado. O iRig tradicional é um adaptador analógico, que trabalha conectado à porta de fones de ouvido/microfone dos dispositivos iOS. A iRig HD trabalha conectada às portas dock ou lightning dos dispositivos iOS, ou à porta USB de computadores Mac, capturando o áudio com qualidade digital, livre de interferências.

Em uma das extremidades temos a conexão de instrumento P10. A iRig HD foi projetada para o uso com guitarras, violões e baixos, mas também funciona muito bem com outros instrumentos de linha, como teclados sintetizadores, por exemplo.

Na outra extremidade temos a conexão para os cabos que farão a ligação com o computador ou dispositivo iOS.

Na lateral, há o controle da ganho de entrada. Aliás, este é o primeiro grande diferencial em relação ao modelo anterior. A iRig HD conta com pré-amplificador de alta qualidade, além de conversor Analógico/Digital de 24 bits.

Há um led na parte da frente da interface, responsável por indicar o funcionamento e o nível de áudio na entrada. Quando está azul, indica que a iRig HD está ligada. Quando está verde, o nível do áudio a entrada está adequado para gravação. Com o led mostrando tonalidades mais próximas de laranja e vermelho, o sinal está chegando em níveis maiores que o desejável e poderá comprometer a qualidade da gravação.

A iRig HD não possui conexão para fones de ouvido ou saída de áudio independente. A monitoração do áudio de entrada é realizada pela saída de áudio tradicional do dispositivo que estiver sendo utilizado.

A interface é um pouco maior que o modelo anterior, mas continua sendo extremamente compacta. O fato de não possuir um cabo ou conector que não possa ser removido facilita muito o transporte. Ela cabe facilmente no bolso.

Compatibilidade com dispositivos

A iRig HD é compatível com iPads (todas as gerações), iPhones (a partir do 4) e iPods Touch (quarta e quinta gerações). A IK Multimedia faz um imenso favor aos seus clientes, já enviando na caixa os cabos necessários para a conexão com diferentes modelos, o que torna tudo muito mais fácil.

A interface funciona também com qualquer computador Mac, via USB.

Compatibilidade com aplicativos e conteúdo extra

Todos os apps iOS compatíveis com áudio via conexão lightning ou 30 pinos irão funcionar com a iRig HD. E estamos falando de mais de 90% dos apps musicais disponíveis na App Store.  A interface trabalha muito bem com todos os apps de produção de áudio mais famosos, como o GarageBand, Cubasis, Auria, BeatMaker 2 e, é claro, o Amplitube, app da própria IK Multimedia.

E por falar em Amplitube, vale citar que os donos da iRig HD ganham um belo presente: ao conectar a interface com o Amplitube já rodando no disposito iOS, 4 modelos de amplificadores e pedais de efeitos exclusivos são liberados! São dois amplificadores da série Metal do Amplitube e os pedais Wharmonator e X-Flanger.

Também há presentes para o Mac. A iRig HD traz a série Metal completa para o plugin Amplitube para Mac, incluindo mais de 48 equipamentos, entre efeitos e amplificadores!

Nossos testes

Como não poderia faltar, realizamos uma série de testes com a iRig HD. Em todos eles o que percebemos foi uma captura de áudio cristalina, livre re ruídos e outras interferências, além de baixíssima latência, tanto no Mac, quanto nos dispositivos iOS.

Mais uma vez, contei com meu amigo guitarrista Rafael Odon (foto) para experimentar o processamento de efeitos em tempo real e realizar algumas gravações.

Fizemos a gravação da guitarra Gibson Les Paul usando o MultiTrack DAW e o JamUp XT, um dos processadores de efeito favoritos dos leitores do MusicApps, via Audiobus. Depois, realizamos a gravação do violão elétrico com cordas de aço da Fender no próprio GarageBand. Confira os resultados.

A ideia foi processar o áudio da guitarra, mas também manter a trilha com o sinal limpo para avaliar a qualidade da gravação. E é possível conferí-la aqui:

Em ambos os testes, conseguimos um resultado final muito interessante, sem a realização de nenhum ajuste, apenas o controle do ganho de entrada. As gravações ficaram completamente livre de ruídos  e com áudio de ótima qualidade.

Outro teste que quis realizar foi a utilização da iRig HD com outros instrumentos. Para isto, decidi usá-la com o meu sintetizador analógico Arturia MiniBrute. O app processador de efeitos escolhido foi o VocaLive, da própria IK Multimedia.  Confira o resultado do teste utilizando um iPhone 4 e 3 efeitos carregados no VocaLive.

Também fiz testes com o Moog Slim Phatty e Korg Monotribe. Todos com ótimos resultados.

Consumo de bateria nos dispositivos iOS

Esta é uma preocupação recorrente de quem irá utilizar uma interface de áudio que é alimentada pelo iPad, iPhone e iPod Touch. Por isto, tentei realizar testes longos com a iRig HD. Com meu iPhone 4, já mais antigo, utilizei o acessório por mais de 4 horas e a bateria ainda estava acima dos 20% no final do uso.

A IK Multimedia afirma que a iRig HD opera com consumo de energia extremamente baixo. Fato que pôde ser comprovado por aqui. Obviamente, o consumo de bateria dependerá de uma série de fatores, como a utilização da internet, Audiobus e vários apps rodando paralelamente. Sem falar que cada dispositivo tem bateria com característica própria. O iPad deverá suportar o maior tempo alimentando qualquer acessório. Enquanto o iPod Touch deverá oferecer menor durabilidade.

A dica para longa duração da bateria para alimentar qualquer acessório é sempre trabalhar no Modo Avião (desativando Wifi e Bluetooth).


MusicApps sobre a iRig HD:

Construção e Durabilidade (4/5)
Facilidade de utilização: (5/5)
Portabilidade: (5/5)
Compatibilidade: (4/5)
Profissional: (4.5/5)
Preço: (4.5/5)
Geral: (4.5/5)

-

Disponibilidade

A iRig HD é oferecida no Brasil pela Quanta Store e pode ser adquirida online neste link.

-

Conclusão e considerações finais


A iRig HD é uma interface de áudio extremamente compacta, capaz de oferecer captura de áudio de instrumentos musicais com grande qualidade, seja para o processamento de efeitos em tempo real, seja para realizar gravações com iPhone, iPad, iPod Touch ou computador Mac.

Se você procura uma interface para utilizar com seu dispositivo iOS, deseja obter qualidade em suas gravações e utilização descomplicada, a iRig HD é uma excelente opção.

Gostaria que a interface contasse com saída de áudio própria, em vez de utilizar a saída de áudio padrão (por conector de fones de ouvido) dos dispositivos, mas, além de não ser um problema, este tem sido o modelo de interfaces com características semelhantes e na mesma faixa de preço.

E, para quem já possui o iRig tradicional, o upgrade é mais do que recomendado. A diferença de qualidade do áudio capturado é muito grande. Além disto, com o pré-amplificador com controle de ganho na entrada, a iRig HD é também uma interface muito mais versátil.


Posts Relacionados

58 Comments

  1. Alfredo agosto 1, 2013 at 6:28 am - Reply

    Olá Marcus. Ótimo review!
    Estou pensando em pegar um pela praticidade, podendo usar esta mesma interface no iPad e MacBook.
    Mas já tenho o GuitarJack2 que também considero um ótimo acessório, com ótima qualidade de som além de ter entrada de áudio. Vocês já fizeram um comparativo entre eles?
    E como foi o funcionamento dele no MacBook ou iMac?
    No meu MacBook utilizo o Line6 GX, mas quando o note está na tomada e uso um timbre de guitarra um pouco mais distorcido ele capta ruído (minha guitarra ligada num amplificador normalmente não dá ruído pois uso captadores Noiseless). Se tiro a fonte do MacBook da tomada o ruído some. O iRig HD passa pela mesma situação?

    • musicapps agosto 1, 2013 at 10:59 am - Reply

      Olá, tudo bem? Bom, também tenho a GuitarJack 2, que é realmente bem legal. Não pude ainda comparar a qualidade do áudio capturada por ambas usando as mesmas condições de gravação, mas acho que são interfaces com diferenças importantes. A GuitarJack 2 possui saída de áudio própria e entrada de P2 estéreo. Já a iRig HD é mais fácil de manusear, mais leve e apresenta o controle de ganho de entrada na própria interface, o que a GJ2 não tem e pode fazer falta em algumas situações.

      Sobre a sua dúvida com o Mac, é difícil garantir o mesmo comportamento quando estamos falando de guitarras e captadores diferentes. Por aqui, usando 2 guitarras diferentes, o comportamento foi ausência de ruídos, tanto no macbook, quanto no iMac. Vc já tentou ligar seu macbook na tomada sem que os pino do terra esteja conectado à rede elétrica. Parece que vc está sofrendo um Ground Loop por aí. Abs!

      • Alfredo agosto 2, 2013 at 8:18 am - Reply

        Pois é, mas a fonte do MacBook só tem os dois pinos, não tem o terra. Mas deve ser ground loop mesmo…como a bateria do MacBook dura bastante, então na hora de gravar as guitarras desconecto da tomada, simples. No http://www.soundcloud.com/freddyroussos tem o tema do James Bond e uma outra música original (Garota Metallica) que foram feitas inteiramente no GB no MacBook usando a interface da Line6 GX. As demais músicas foram gravadas no GB do iPad, a maioria usando o GuitarJack.
        A propósito, a Line6 está para lançar uma interface nova também, Sonic Port, mas pelo que vi não será compatível com computadores, somente iDevices. É uma pena.
        Mas a vantagem em relação ao GuitarJack e iRig HD será a saída de audio direto para o amplificador de guitarra. Além de também ter a entrada de áudio e desbloquear os timbres para serem usados no app Jammit. Sem falar no app Mobile POD.
        Preparem os bolsos!

  2. caras agosto 3, 2013 at 8:19 am - Reply

    Eu não entendo por que eles colocaram esse tipo de conector "velho" com pins tão delicados, ja tive malas experiências no passado.

    • musicapps agosto 5, 2013 at 1:28 pm - Reply

      Quando vi na foto pensei a mesma coisa. Depois de testar, vi que eles não são frágeis como os conectores das mesas Behringer, por exemplo. Parecem resistir bem.

  3. Wlademir Carvalho agosto 3, 2013 at 11:45 am - Reply

    Acho que fui o primeiro, ou dos primeiros a obter o IRig HD no Brasil que a IK o disponibilizou pra venda. Há de ressaltar sua qualidade superior inclusive frente ao Apogge Jam, principalmente olhando pelo prisma da durabilidade e compatibilidade.

    Eu tenho um Apogge, excelente, mas peca na vulnerabilidade face uma queda por exemplo.

    Digo isso porque o meu solta a placa da carcaça sempre que leva uma queda, por menor que essa seja.

    Tenho o trabalho de desmontar e fixá-la, pois ele é acometido por ruídos, que parece ser ruído aterramento falho..

    Outra coisa: ele não é compatível com o meu IPod Touch 4 geração, o meu novo IRig sim…finalmente fiz valer a compra sem precisar do 5 geração.

    Agora é esperar pela BlueBoard que um camarada da IK disse estar disponível no final do verão (estadonidense) , algo como meados de setembro.

    Abs Marcus!!!

  4. Thiago alexandre outubro 13, 2013 at 3:27 pm - Reply

    Ola Marcus!
    Parabéns pela matéria!
    Apenas algumas dúvidas, no violão fez muita diferença? Vale a pena o investimento se for usar apenas no violão? Saindo um pouco do assunto, vc já usou o Taylor Eq? Se sim, gostou?

    • musicapps outubro 13, 2013 at 7:36 pm - Reply

      Ei, Thiago. Tudo bem? Você pergunta a diferença entre o iRig comum e o HD quando gravamos o violão? Se sim, faz total diferença. A qualidade do áudio da iRig HD é digital, além de oferecer pré-amp que garante sinal de entrada limpo e com bom ganho. Os apps da taylor são bem legais. Existe um que você utiliza dentro dos apps da sonoma e é excelente! Abs

  5. José Augusto novembro 20, 2013 at 11:38 am - Reply

    Olá Marcus;
    Cara, ótimo review a respeito do IRig HD. Parabéns.
    Tenho uma dúvida quanto ao uso de HeadPhones.
    Quando conecto os headphones originais do IPhone 4S, o IRig fica com o LED azul escuro e a captação do som passa para o microfone do IRig… Como faço para desabilitar o microfone?
    Desde já obrigado pela ajuda!!!
    Abraços!!!

    • musicapps novembro 20, 2013 at 4:52 pm - Reply

      Microfone do iRig? Não entendi direito o que está ocorrendo. Pode exemplificar um pouco mais? Obrigado!

      • José Augusto novembro 20, 2013 at 5:56 pm - Reply

        Desculpe Marcus! Quis dizer que a entrada de som passa para o microfone do fone de ouvido original do IPhone (aquele que é usado quando conversamos pelo celular quando o fone de ouvido ta conectado). Neste caso, quando eu conecto o fone de ouvido, o som do meu violão para de ser captado pelo IRig (o LED fica azul escuro) e no Amplitube o som que é captado pelo microfone do fone de ouvido é que passa a ser modulado pelo app.
        Obrigado!

        • musicapps novembro 21, 2013 at 1:44 pm - Reply

          José, o funcionamento não deveria ocorrer desta maneira de forma alguma. Porém, acredito que há uma maneira simples de fazer funcionar. O iOS geralmente prioriza a última fonte de áudio conectada ao aparelho. Desta forma, pode ser que, incorretamente, ele esteja desviando a entrada de áudio USB para o mic do fone de ouvido. Mais uma vez: não deveria ser assim.

          Tente fazer o seguinte: conecte o fone de ouvido ao iPhone/iPad, abra o app desejado e só então conecte a iRig HD. O iOS deverá reconhecê-la como atual fonte de entrada de áudio, por ter sido a última ser conectada.

          • José Augusto novembro 22, 2013 at 10:58 am -

            Olá Marcus!
            Então, ontem havia conectado tudo e então abri o Amplitube. O erro persistia. Dai com tudo conectado e o Amplitube abertom desconectei o IRig HD e conectei de novo. Daí, conforme vc presumiu, ele funcionou certinho e o microfone do fone de ouvido desligou!
            Fiquei pensando se, de alguma forma, conectar o IRig depois que tudo está ligado seria prejudicial pro IPhone ou para o próprio IRig… o que vc acha?
            Muito obrigado pela ajuda prestada até o momento!!!
            Grande abraço!!!

          • musicapps novembro 22, 2013 at 2:00 pm -

            De maneira alguma. A ordem destas conexões não trará nenhum dano ao equipamento. Ocorre o que já havia imaginado, é uma questão de prioridade do iOS. Ele assume como padrão a última fonte de áudio conectada. Resolvido :)

          • José Augusto novembro 22, 2013 at 6:28 pm -

            Marcus, mais uma vez obrigado pelas dicas e parabéns, tanto pelo detalhado overview do IRig HD quanto pelo ótimo suporte a todos que lhe questionam!!!
            Muito Obrigado!!!

            Deus te abençoe!!!

            Até a próxima!!!

          • musicapps novembro 23, 2013 at 9:52 am -

            Eu é que agradeço por acompanhar o MusicApps! :)

  6. Luciano dezembro 7, 2013 at 3:11 pm - Reply

    Olá,
    Qual o modelo do violão fender usado nos testes? É o Fender CD140SCE? Valeu

    • musicapps dezembro 8, 2013 at 12:54 pm - Reply

      É um CD60, Luciano. Abs!

  7. Luciano dezembro 10, 2013 at 11:36 pm - Reply

    Pois então…Tenho um CD 60 da fender e um irig normal. O som não chega nem perto do som que vcs gravaram no garage band. Vocês fizeram masterização posterior ou o som não foi tratado e é resultado da qualidade do irig hd?

    • musicapps dezembro 11, 2013 at 10:38 am - Reply

      Luciano, não fizemos absolutamente nada após a gravação. O resultado é o da iRig HD. Há muito diferença entre a captação com o iRig Normal e o HD, um é digital, com pré-amp e conversor AD, o outro é apenas um adptador de áudio para a porta de fone de ouvido de iPhones e iPads.

  8. Luciano dezembro 11, 2013 at 10:28 pm - Reply

    Valeu Marcus pelas informações. Vocês fazem um trabalho de informação muito importante. Já encomendei meu irig hd. Grande abraço.

  9. Luciano dezembro 17, 2013 at 6:10 pm - Reply

    Marcus,
    Falta vocês testarem o irig pro. Comprei meu irig hd e já testei…o som da guitarra e do violão ficou totalmente sem ruídos…parece estúdio! Porém, ao usar o irig pre com meu shure sm58, notei que o chhhhhhh apareceu quando insiro o vocal….acredito que pelo fato do irig pre mandar som analógico para o ipad. Creio que o irig pro seria uma melhor opção pra mim, visto que uso o microfone também.
    Vou tentar ligar meu microfone na minha mesa behringer e ligar a saída da mesa no meu novo irig hd pra ver se consigo mandar som digital pro meu garageband…depois vou informar o resultado do teste.
    Abraço

  10. Richard fevereiro 11, 2014 at 11:01 am - Reply

    Alguém testou ele com o Guitar Rig 5 ???

    No Amplitube ele funcionou legal mas, no Guitar Rig não consegui fazer ele funcionar. Você percebe que o sinal entra mas, não sai.

    • musicapps fevereiro 13, 2014 at 6:02 pm - Reply

      Não testei, mas pelo que você disse, parece um problema de configuração do software. Tudo que o iRig HD tem que fazer, está fazendo (entrada do áudio), a saída deverá ser pelo próprio computador ou interface de áudio, ajustada nas configurações do sistema ou do guitar rig.

  11. nailton abril 7, 2014 at 4:13 pm - Reply

    o irig hd funciona com outros aps como o software da peavey ampkit, stompbox, ou outros ou só com os da ik multimedia?

    • musicapps abril 8, 2014 at 1:34 pm - Reply

      Olá. Funciona com qualquer aplicativo que trabalhe com interfaces de áudio para o iOS. Todos que você citou são compatíveis. Abs

  12. @AClockworkDark abril 23, 2014 at 11:01 am - Reply

    Boa tarde Marcos, sabe me informar se posso usar microfones neste modelo de iRig? eu utilizo no modelo anterior analógico. Obrigado.

    • musicapps abril 23, 2014 at 4:50 pm - Reply

      Não, apenas com o modelo Pro.

  13. sérgio junho 21, 2014 at 1:15 am - Reply

    Boa noite qual cabo utilizo para sair o iphone para um amplificador?

    • musicapps junho 23, 2014 at 11:19 am - Reply

      Se o amp tiver entrada estéreo, um cabo P2 stereo para 2P 10 mono. Se não, um cabo P2 Stereo x 1 P10 Mono.

  14. Jefferson agosto 27, 2014 at 10:04 am - Reply

    Gostaria de saber a possibilidade de tocar ao vivo com banda utilizando a saída p2 do Ipad em um amplificador de guitarra ou até mesmo direto na mesa. Tem atraso no sinal? É recomendado?

    • musicapps agosto 27, 2014 at 1:56 pm - Reply

      Jefferson, o recomendado é ligar direto na mesa, em uma canal estéreo. Basta usar um cabo Y 1P2 Stereo x 2P10 Mono. Não há atraso de sinal, apenas a latência do aplicativo que usar, que costuma ser baixa e é ainda menor em dispositivos mais recentes. Abs!

      • Jefferson agosto 27, 2014 at 2:50 pm - Reply

        Ainda não comprei nada estou pesquisando. O Irig hd e um Ipad air casam bem?
        Obrigado

        • musicapps agosto 27, 2014 at 5:04 pm - Reply

          Com certeza! Pode ser necessário utilizar um adaptador 30 pinos para lightning, vendido no site da própria Apple. Abs

  15. Carlos setembro 25, 2014 at 8:56 pm - Reply

    Uma pequena duvida, por exemplo, conecto o meu no ipad, o som da guitarra sai no ipad normalmente? Ou so saira se colocar fone de ouvido ou uma caixa?

    • musicapps setembro 26, 2014 at 12:48 pm - Reply

      Sairá no falante do iPad ou através de fone ou cabo conectado ao iPad.

  16. Gabriel Can janeiro 6, 2015 at 4:50 pm - Reply

    Boa tarde , tenho uma dúvida , gostaria de saber se é possivel conectar o Irig hd no final de uma cadeia de pedais? Tenho os meus pedais e gostaria de saber se posso usar o Irig no final da cadeia e assim poder fazer gravações com os efeitos dos meus pedais , além dos efeitos dos apps. E se caso for possível o resultado é agradavel?
    Obrigado!

    • musicapps janeiro 6, 2015 at 11:36 pm - Reply

      Gabriel, poderia sim. O iRig HD fará algo semelhante ao que seu amplificador já faz, quando não é utilizado com loop de efeitos, mas sim com efeitos em série. Ele receberá o sinal processado, irá adicionar ganho e convertê-lo para sinal digital, que poderá ser gravado ou monitorado ao vivo na saída de áudio do iPad. Sobre os resultados serem agradáveis, é muito subjetivo. Depende dos efeitos que usar, da maneira como configurar e do que é considerado agradável para o seu gosto :) Mas sem dúvida é possível ter uma sonoridade legal sim. Abs!

      • Gabriel Canha janeiro 7, 2015 at 12:43 pm - Reply

        Legal cara, bom saber que posso gravar com os efeitos dos meus pedais. Acho que vou conseguir ter omresuktqdo que estou pensando.
        Muito obrigado!

  17. Caio janeiro 31, 2015 at 12:08 am - Reply

    É possível utilizar o iRig HD no iPad 2 ( 30 pinos ) e recarregar o iPad ao mesmo tempo ? Se for possível existe algum adaptador para isso ? Abs …

  18. Bruno fevereiro 16, 2015 at 1:17 am - Reply

    Qual a diferença entre o Irig HD para o Peavey Ampkit HD?
    Minha situação é:
    Quero substituir meus pedais e amplificador por um esquema desse que seja facil o transporte nos shows ao vivo (evitar levar amplificadores, pedais, etc)

    Qual seria a melhor opção?
    Precisaria também que tivesse opção de conectar a um amplificador quando a casa oferecer (quando não precisar ligar direto na mesa).

    Gostaria também de saber se estes produtos abaixo fazem a mesma coisa, se são melhores que o Irig HD, não encontrei nenhum comparativo:
    CSA – SANTO ANGELO
    Tagima TIC-5 I

    Pretendo comprar o Blueboard para controle dos setups, será que este Blueboard é compatível com o AmpKit HD?

    Obrigado

  19. Xandevita abril 28, 2015 at 11:56 pm - Reply

    Olá Marcus, parabéns pela matéria, muito bem feita e esclarecedora.
    Com esse dispositivo eu consigo gravar um áudio direto da mesa de som? Se sim qual o aplicativo que você recomenda? A finalidade da gravação não é algo profissional, apenas para verificarmos a forma como a banda está tocando, ver aonde temos que melhorar!

    • musicapps abril 29, 2015 at 1:56 pm - Reply

      O iRig HD grava apenas um canal, ou seja, em mono. Não é o ideal para gravar a saída da mesa. Recomendo usar o Behringer UCA222, que você fez pergunta no post, ou qualquer outra interface capaz de gravar stereo e que seria compatível com o iPad. Sobre o app, o GarageBand mesmo é capaz de fazer isso.

  20. Carlos Gomes outubro 25, 2015 at 2:03 pm - Reply

    Bom dia Marcus, excelente matéria, parabéns.

    Minha dúvida é a seguinte, tenho um cabo mono que vem da mesa, já é fixo, chega até minha guitarra.

    Qual cabo devo utilizar para ligar no Ipad, seria de um lado P2 macho estéreo X P10 femea mono?

    Obrigado!

    • musicapps outubro 26, 2015 at 5:57 pm - Reply

      Fica assim: Guitarra -> cabo P10 mono para o iRig HD -> cabo P2 estéreo x 2 P10 mono -> mesa de som em um canal estéreo.

  21. Kilmeson janeiro 3, 2016 at 3:27 pm - Reply

    Alguém pode me dizer se dá pra gravar vários instrumentos usando uma mesa de som e jogando o áudio no Irig 1, da uma boa qualidade? Da pra ligar microfone dinâmico direto também?

    • musicapps janeiro 8, 2016 at 12:00 pm - Reply

      No iRig tradicional você até conseguirá gravar, mas ficará mono e sem boa qualidade. O ideal é trabalhar com uma interface estéreo e digital. Abraços

  22. Tiago fevereiro 12, 2016 at 9:15 pm - Reply

    Olá. Tenho uma Fender Strato americana e com o irig HD tenho que deixar o volume da guita em 7,5, para não clipar. Mas quando uso efeito de distorção no Amplitube, sinto que se perde muito ganho. Você recomenda usar o volume no máximo da guita quando for usar efeitos de overdrive e distorção?

    • musicapps fevereiro 13, 2016 at 4:51 pm - Reply

      Difícil dizer. Varia da guitarra e das configurações de efeito. O melhor é realmente ajustar da forma como funcionar bem para você. Abraços!

  23. ariel abril 9, 2016 at 8:38 am - Reply

    Alo Marcos..

    Posso usar o IRig HD em violão eletro acústico com cordas de nylon?

    um abraço

  24. Davi Colasa julho 15, 2016 at 12:13 am - Reply

    Boa noite Marcos!
    Estou pensando em adquirir o iRig mas tenho dúvida de qual deles HD, Pro ou DUO para tocar numa igreja pequena na qual toco violão e canto. Qual dos dois seria mais recomendado? Tenho o app DataCifra e gostaria de saber se consigo usar o Amplitude e o DataCifra juntos ao mesmo tempo. Abraço e obrigado!

    • musicapps julho 18, 2016 at 1:57 pm - Reply

      Todos oferecem a mesma qualidade sonora. A decisão passa pelas conexões que você precisa usar. HD só para guitarra, baixo e violão, PRO pra usar também microfone, DUO para usar até dois canais ou gravar em estéreo. Abraços!

  25. Bruno março 22, 2017 at 10:32 am - Reply

    Funciona com o MOTO Z?

Leave A Response


seis + = 11