Matérias, Notícias, Reviews, Reviews de Apps, iPad, iPhone/iPod Touch

JamUp Pro XT: processador de efeitos de guitarra e baixo para iPad e iPhone (Review)

Paulo Assis julho 3, 2013 23 Comments »

jamup pro xt review

Para os guitarristas, os primeiros aplicativos de iPad/iPhone eram pequenos acessórios, como metrônomos e afinadores. Logo, passaram a emuladores amadores de efeitos e amplificação, adequados para tocar em casa ou, no máximo, aquecer no backstage. Lentamente, surgiram alguns emuladores melhores, onde era possível timbrar bem, com pouca latência e boa usabilidade. O iPad/ acabava de conseguir substituir a pedaleira, ou boa parte dela. Neste review, daremos uma olhada em um dos melhores apps de efeitos para guitarra, o JamUp Pro XT.

Interface

Quando foi lançado, o JamUp Pro se lançou ao desafio de ser realmente usável em palco. Uma interface rapidamente compreensível, apesar de um pouco carregada visualmente, dá acesso a seis pedais e um amplificador, em miniaturas, encadeados na horizontal. Ao selecionarmos um desses efeitos, seus parâmetros aparecem na parte central da tela, com botões giratórios, como em um pedal físico. Se arrastarmos a miniatura, podemos alterar a ordem dos efeitos, e um duplo clique leva à seleção de qual pedal colocar nesse espaço.

Vídeo de apresentação:


Efeitos

O pacote de efeitos básico já é suficiente para bastante diversão, com timbres muito bons dos amplificadores mais comuns como o Fender Twin Reverb e o Marshall JCM-800, entre outros. Mas a brincadeira fica séria com os pacotes mais especializados de timbres e efeitos; são sete pacotes, com amplificadores e pedais, sendo dois packs voltados para contrabaixo.

Gravador multi canal pode ser adquirido dentro do app

Além deles, é possível adicionar, via in-app purchase (compra dentro do aplicativo), um gravador de oito canais e a emulação do Whammy, um pitch shifter bastante conhecido. Aliás, um grande ponto para a PositiveGrid, que produz o JamUp Pro, é a atualização constante, não apenas para resolver bugs, mas para acrescentar packs novos.

Demonstração de um dos pacotes de efeitos para o JamUp Pro XT:

Os efeitos são divididos em seis categorias – Redutores de ruído, filtros, distorções, delays, modulação e reverb – somando 42 efeitos. Os amplificadores são, atualmente, 34. Como a ordem e os parâmetros são bastante flexíveis, é possível, com a mesma dedicação que exige um enorme set de pedais, chegar a timbres fantásticos.

Controle, latência, acessórios

Modo live do JamUp Pro XT para iOS

Para controlar esse monte de efeitos existem bancos de presets que podem ser acessados via MIDI, via pedais AirTurn e também com um pedal de controle da Griffin, o Stompbox.

Se o usuário não quiser usar pedais, ainda é possível ativar um modo LIVE, em que a seleção dos presets ocupa a tela toda, facilitando a escolha das programações. Usando acessórios, é possível controlar, via pedal de expressão, volume ou wha.

A baixa latência do JamUp Pro foi o que me chamou a atenção primeiro – quando comecei a testar apps para aposentar minha pedaleira, ainda não havia Audiobus e vários apps, inclusive o Amplitube, ainda não pretendiam ser levados ao palco. Os timbres também chamam a atenção, mas não imediatamente: enquanto o Amplitube tem presets de fábrica muito bons, o JamUp precisa ser cutucado para mostrar a que veio.

Como ele é feito para ser utilizado com um amplificador (de guitarra ou um PA), vale a pena gastar um tempo para encontrar a relação correta de volumes de entrada e saída e efeitos desejados, junto com a programação dos efeitos.

Como em todo app processador de áudio, uma interface que usa o conector dock/lightning soa muito melhor do que um adaptador de entrada de fone/mic. E, dependendo do acessório utilizado, é possível diminuir ainda mais a latência do ipad, deixando a sensação de que a minha Boss GT-8 vai ficar realmente juntando pó.

Compartilhamento de presets no JamUp Pro XT

O JamUp Pro possui uma área de compartilhamento de presets, que pode ser legal para começar a procurar sua sonoridade. Ele também possui afinador, metrônomo, sampler e um tocador de mp3 com variação de timbre e velocidade – o Jam Player, disponível como app independente. É compatível com o Audiobus e está embutido no Auria.

Disponibilidade e preço

O JamUp Pro XT para iPad e iPhone está disponível na App Storre no link abaixo.

Tocabilidade (4/5)
Qualidade Sonora:
(4.5/5)
Interface gráfica: (4/5)
Flexibilidade: (4/5)
Profissional: (4.5/5)
Diversão: (3.5/5)
Geral: (4/5)

-

Conclusões

O JamUp Pro é certamente um dos melhores, senão o melhor, app de efeitos para guitarristas. A interface é um pouco mais carregada do que deveria (vamos ver como ele será atualizado para o visual iOS 7), mas é bastante fácil de utilizar e configurar.

A latência é incrivelmente baixa e os timbres são muito bons, mas vale verificar se o volume de saída está compatível com o seu método de amplificação: Plugar uma saída de headphone num amplificador valvulado pode ser uma péssima ideia, e a saída alta desse app pode prejudicar seu julgamento, saturando tudo e mudando radicalmente o timbre desejado.

* Paulo Assis é engenheiro de mix e master, produtor musical e consultor de áudio.


Posts Relacionados

23 Comments

  1. LucasOliveira julho 4, 2013 at 10:50 am - Reply

    Bom dia, gostei muito da materia, esse app parece ser fantástico! rs…
    Olha, qual a interface dock/lightning que vocês recomendam? Obrigado!

    • Wlademir de Carvalho julho 8, 2013 at 9:13 am - Reply

      Irig Hd da Ik…ele abrange mais idevices que as outras interfaces existentes no mercado.

      Por exemplo, tenho um Apogge Jam, excelente; o problema é que ele não funciona com o meu Ipod Touch 4 geração, além de ser muito mais suscetível à quedas e pancadas.

      Então no momento iria de Irig Hd sem pestanejar.

  2. Carlos Remolli julho 4, 2013 at 4:35 pm - Reply

    Muito boa a materia…
    Usei quase todos os processadores de efeito e emulacoes de amplificadores da AppStore. Digo que o JamUp tem os melhores timbres, menor ruido, menor latencia e atualizacoes mais constantes de todos os testados.. Muito bom, recomendo…

  3. Wlademir de Carvalho julho 4, 2013 at 10:14 pm - Reply

    Olá Marcus…comprei desenfreadamente todos os "afins" como um perdulário num estágio terminal; pois comparados aos meus outroras mais de 20 e tantos pedais, entre os de grife e os mais genéricos, esses apps reprepresentam uma pechincha tentadora.

    Não que decididamente eles estejam ao nível dos pedais mais cobiçados, mas decerto que estão alcançando um nível de sofitisticação inimaginável num passado recente.

    Estou esperando contudo, o BlueBoard da IK que certamnte dará ares de profissionalização à essa plataforma…depois será só a espera pelas auspiciosas atualizações e novidades.

    Nota: segundo Daniel Llosa da IK, a BlueBoard será lançada no final do verão, o que significa algo lá pro final de agosto adentrando pelo mês de setembro.

    Abs e congratulações pela matéria oportuna.

    • Kadu Maranhão agosto 25, 2015 at 1:58 pm - Reply

      Wlademir, como estão os testes? Gostaria de trocar ideias contigo. Imagino que hoje você esteja completamente interado e familiarizado com o app, o blueboard e afins. Estou montando um set para gravar e tocar ao vivo com o iPad. Meu e-mail: kadumaranhao@gmail.com

  4. Davi Paresqui setembro 25, 2013 at 10:50 am - Reply

    opa, salve salve rapaziada!
    gostaria encarecidamente que vocês me tirassem uma dúvida.
    sou um novato no quesito pedais para guitarra, faz nem um ano que comprei a minha .Enfim, comprei um ipad tem 3 meses, e 90% da questão que me fez compra-lo foi o fato de poder transforma-lo em uma pedaleira. Acompanhei em vários rewiews sobre a qualidade de timbres e afins sobre varios apps. E eis que surge minha dúvida: Qual melhor app para simular pedais e timbres para o ipad. comprei o garage band fiquei muito feliz, pesquisando mais descobri o amplitube. comprei 2 deles, mas confesso que preferi o som do garage band. Como não tenho tanto $$ para sair comprando os apps e ir vendo os timbres um por um para ver qual mais me agrada, recorro a experiência de vocês para me auxiliar nesse ponto.
    o Jamup é realmente melhor que amplitube (fender , padrão) e garageband?
    possuo um ipad 4 e um irig hd. (procurando um app que compense a compra do blueboard!)
    seria muito leigo perguntar se para amadores esses apps podem ser levados aos palcos?

  5. Hilney Nobre novembro 19, 2013 at 4:10 pm - Reply

    Como poderia colocar num valvulado para o som ficar bom?
    o que teria que fazer?
    Obrigado!

  6. guilhermetroi maio 17, 2014 at 1:01 pm - Reply

    Queria saner se o jum up funciona no ipad1

    • musicapps maio 18, 2014 at 4:41 am - Reply

      Requer o iOS 4.3 ou posterior. Ou seja, se seu iPad 1 roda a versão 4.3 ou mais atual do iOS, irá funcionar sim. Abs

  7. joaquim carvalho maio 22, 2014 at 12:27 pm - Reply

    amigo, a minha dúvida é em relação ao loop de bateria. no amplitube temos essa opção. nesse tbm existe? se não, existe um outro app que faça esse trabalho? abç

    • musicapps maio 22, 2014 at 11:19 pm - Reply

      Existem diversos apps para esta finalidade. O próprio GarageBand pode gerar loops bem legais com o Smart Drums.

      • joaquim carvalho maio 23, 2014 at 4:09 pm - Reply

        eu tenho conseguido fazer algumas baterias legais de rock/blues com garageband. porém eu gostaria de poder fazer algumas de heavy metal com bumbos duplos e etc. vc poderia indicar algum app? abç

        • musicapps maio 24, 2014 at 1:51 am - Reply

          Dá uma olhada nos apps da IK Multimedia para iPhone/iPad. Eles possuem alguns dedicados a loops de bateria. Abs

          • joaquim carvalho maio 24, 2014 at 2:21 pm -

            valeu! vou fazer isso ;]

  8. guilherme maio 27, 2014 at 3:59 pm - Reply

    Olá gostaria de saber como faço para adquirir o app,eu entro na AppStore digito jum up mas nao da resultados se alguém souber por favor me ajudem obrigado

  9. Lucas março 22, 2015 at 5:35 pm - Reply

    Olá, vi que disse que não é uma boa ideia usar o aplicativo ligado em um valvulado. Poderia me explicar melhor?

    • musicapps março 24, 2015 at 4:56 pm - Reply

      Apps como o JamUp e Amplitube simulam amplificadores. Se você jogar o sinal processado para um outro amplificador, estará amplificando um sinal já processado, diferente do original da guitarra. O resultado poderá não ser legal. Outra opção seria desativar a parte de amplificador do app e processar o sinal apenas com efeitos para então enviar para o amplificador real.

      • Lucas março 24, 2015 at 10:28 pm - Reply

        Então se usar apenas os efeitos, sem a simulação dos amplificadores, em um valvulado, fica legal?

        • musicapps março 25, 2015 at 12:14 pm - Reply

          Na maioria dos casos, sim.

Leave A Response


6 × = seis