Edifier R2600 e R2700: testamos os dois monitores para quem deseja potência e definição (review)

Caixas Monitores Edifier R2700 e R2600 review MA

No início de 2012, tive a oportunidade de escrever um review de vários modelos das caixas Edifier 2.0. O post ainda é um dos mais comentados e visitados do MusicApps. Na época, a qualidade de construção e a sonoridade das das Edifier me impressionaram bastante.

Agora, recebo dois novos modelos para teste: Edifier 2600 e Edifier 2700 (com 3 vias), ambos da linha 2.0, mas com características diferentes dos modelos testados anteriormente. São monitores maiores no tamanho e na potência. Passei duas semanas testando os dois modelos. Os detalhes você fica sabendo agora neste review.

Características comuns

Os modelos R2600 e R2700 possuem algumas características comuns. Ambos são construídos com madeira (MDF) de 18mm para garantir maior presença sonora, evitar distorções e diminuir a ressonância acústica.

Controle remoto Edifier R2700 e R2600

Uma novidade bastante significativa é o controle remoto, que acompanha os dois modelos. Com ele é possível controlar o volume e selecionar uma das entradas de áudio (vamos falar de cada uma a seguir).

Outra novidade é a maneira de conexão entre as caixas, agora feita por um cabo XLR de 5 pinos (acompanha os monitores), uma solução mais profissional do que a encontrada nos modelos testados anteriormente.

É importante dizer que os monitores da Edifier chegam com os principais acessórios, como os cabos de ligação P2 Stereo x 2 RCA e outro 2 RCA x 2 RCA.

Acessórios Edifier R2700

Quando nada está sendo reproduzido, o silêncio

Fiquei muito satisfeito ao perceber que esta característica, presente nos outros modelos, também aparece nos R2600 e R2700. Quando estão ligados e nada está sendo reproduzido nos monitores, o que ouvimos é o silêncio. Nada de ruídos.

Como alguns leitores comentaram sobre os os outros modelos da linha, é preciso até tomar cuidado para não deixar as caixas ligadas dias sem perceber.

Edifier R2600: potência e definição nos graves

Edifier R2600

Com falante de 6.5″ para graves e tweeter de 25 mm, ambos isolados magneticamente, e potência total de 124W RMS, os monitores Edifier R2600 parecem uma evolução do modelo R2000T, que oferece menos da metade da potência.

Cada caixa do modelo R2600 tem 21,8 cm de largura,  37 cm de altura e 29,2 de profundidade. O modelo é 5 cm mais alto que o R2000T.  O acabamento prateado dos falantes me agradou.

Edifier R2600 conexões Traseiras

Na parte traseira da caixa amplificada, temos 2 pares de entradas RCA e a saída do cabo XRL, que irá se conectar ao outro monitor. A escolha da entrada a ser utilizada ocorre nos controles da lateral, assim como as configurações de graves, agudos e volume.

Edifier R2600 controles laterais

Os controles de seleção de entrada e volume também podem ser feitos a partir do controle remoto, que também oferece o comando mute.

Sonoridade do R2600

É claro que julgar a sonoridade de monitores e caixas é algo que vai além das características do próprio equipamento. A construção da sala, posicionamento e outros fatores irão influenciar nestas impressões. Porém, meu trabalho foi testar estes modelos assim como testei os demais: posicionados em meu home office que também funciona como home studio e laboratório de testes para o MA.

Testes Edifier R2600 e R2700

O primeiro teste foi ouvir a R2600 sem nenhum ajuste. Graves e agudos na posição zero.

O graves são marcantes e bem definidos desde o primeiro momento. Variações no volume não geraram nenhum problema no áudio. Cheguei a ouvir várias músicas e tocar instrumentos em níveis de volume bem altos e o comportamento das frequências graves nas R2600 foi excelente. Nada de caixa “rachando” por aqui.

No primeiro momento, os agudos não se sobressaíram muito em relação aos graves e médios. Para ficar no meu gosto, precisei alterar um pouco o volume dos agudos no controle lateral. Girando o controle um pouco para direita, consegui uma relação melhor.

Com 124 W de potência, o Edifier R2600 é uma ótima opção para ter bom volume em salas maiores. Também é indicado para músicos que procuram ótima definição e presença de graves, sem se preocupar se o monitor irá aguentar ou não. Monitorei sintetizadores com timbres reforçados nas frequências mais graves e o resultado foi excelente.

Veja o modelo na Quanta Store

Edifier R2700: potência em definição com 3 vias e entradas digitais

Edifier R2700 review MusicApps

Os monitores Edifier R2700 apresentam dois diferenciais em relação aos demais modelos que testei da linha Edifier 2.0: caixas com 3 vias e a presença de entradas digitais.

Edifier R2700 controles laterais

Nas caixas de 3 vias, temos 2 drives, um para os graves, outro para os médios, além de um tweeter para os agudos. Quando bem implementada, esta característica garante maior qualidade do áudio.  Nas R2700 temos um subwoofer de 6,5″para os graves, um falante de 4″ para os médios e um tweeter de 1″ para os agudos, resultando em uma potência total de 128W RMS.

Edifier R2700 traseira

As entradas digitais também tem como objetivo a qualidade de áudio superior, sem as interferências que podem afetar o sinal analógico. Nos Edifier R2700 existem duas entradas digitais: uma coaxial e outra óptica. Para utilizá-las, é necessário possuir um equipamento com saídas digitais. Várias interfaces de áudio possuem tais saídas. Aqui tinha disponíveis as interfaces UA25-ex da Edirol, que apresenta saída óptica, e a MOTU Microbook II, que traz a saída digital coaxial. Ambas funcionaram muito bem com o R2700.  O modelo já vem com um cabo óptico, para facilitar esta ligação.

Edifier R2700 cabo óptico

Assim como no modelo R2600, o R2700 traz controles de volume, graves e agudos na lateral. Pressionando o botão de volume é possível escolher a fonte de áudio de entrada. A cor do led indica a entrada que está sendo utilizada no momento. O controle remoto também possibilita a escolha entre as 4 entradas disponíveis, além de oferecer controle de volume e mute.

Edifier R2700 controles laterais

Cada caixa do Edifier R2700 tem as seguintes medidas: 21,8 cm de largura,  39, 3 cm de altura e 29,8 cm de profundidade. Ou seja, é uma caixa com medidas consideráveis. Para se ter uma ideia, ela é quase 8 cm mais alta que o maior modelo que testei no ano passado, o R2000T. Veja a comparação na foto abaixo.

Edifier R2700 x R2000T

Sonoridade da R2700

Com a presença do falante para médios, já esperava equilíbrio e maior definição de graves, médios e agudos, além de uma boa potência. E foi o que ocorreu. Adorei a definição do R2700 desde o primeiro teste.

Deixei os knobs de graves e agudos no zero e os resultados já foram muito bons. Se não for utilizar o R2700 a pleno volume, um pequeno giro do botão bass para a direita irá valorizar bastante os graves.

Nos diversos testes que realizei com músicas de estilos variados, me surpreendeu a definição dos elementos das faixas. Vozes claras, graves marcantes, mas sem exagero, e muito equilíbrio sem ajuste algum, como se espera de um bom monitor.

O Edifier R2700 é uma ótima opção de monitor para um home studio, mas também fará um excelente trabalho para quem deseja ouvir música com muita fidelidade, podendo abusar do volume em algumas situações.  Por contar com o falante de graves de mesma medida que o R2600, o resultado do R2700 com as frequências graves de sintetizadores também foi excelente, mesmo nos volumes mais altos.

Veja o modelo na Quanta Store

Impressões gerais e a quem se destinam

Os R2700 e R2600 apresentam o mesmo já elogiado padrão de construção das caixas Edifier. São monitores robustos, com bom acabamento e visual interessante. A qualidade de áudio de ambos merece destaque. Não é simples encontrar por aí monitores com estas características e potência pelo preço dos Edifier. Ótima relação custo-benefício.

Creio que os modelos são ideais para pessoas que precisam de maior potência e não querem abrir mão da qualidade do áudio. Ambos são muito interessantes para home studio, mas também podem ser utilizados por músicos para a ligação de seus instrumentos, como teclados e guitarras (saída de pedaleiras e simuladores de amplificadores), e até mesmo pessoas que desejam simplesmente ouvir música com extrema qualidade e volume maior. Nem preciso comentar que são também uma ótima escolha para amplificar o áudio de apps musicais para iPad e iPhone.

Curta e compartilhe!