Matérias, Notícias, Novo na iOS App Store!, Reviews, Reviews de Apps, iPad

Korg iPolysix para iPad: inspiração analógica para sintetizador completo e até social (review)

Marcus Padrini novembro 27, 2012 7 Comments »

ipolysix

Se alguns desenvolvedores apostam em estratégias longas de lançamento, que começam ainda na fase de projeto dos aplicativos e vão até a aprovação da Apple, geralmente meses após primeira nota na mídia, a Korg adota a atitude contrária: da noite para o dia, a empresa lança apps musicais incríveis sem ninguém falar nada sobre eles até aquele momento. Desta vez, a novidade é o iPolysix, a versão para iPad do famoso sintetizador polifônico lançado pela Korg em 1981.

Polysix original

Ne época, ter um sintetizador polifônico (capaz de reproduzir mais do que uma nota simultaneamente) era algo bem distante da realidade financeira da maioria dos músicos. As opções estavam restritas aos caros Prophet 5, Oberheim OB-X e Roland Jupiter 8. Mais barato que seus concorrentes, mas também bastante versátil, o Polysix foi um sucesso de vendas.

Com 6 notas de polifonia, um oscilador por voz (cada um com seu sub-oscilador para sons mais graves) e efeitos embutidos, o Polysix foi, e ainda é, adorado por muitos. A Korg chegou a lançar a versão do sintetizador para o computador em sua coleção Legacy.

Mas, vamos falar do iPolysix para iPad. O que seria o óbvio? Reproduzir a versão do computador no tablet? Talvez. Mas não foi nada disto que a Korg decidiu fazer. O iPolysix é, na minha opinião, o mais completo e versátil aplicativo musical para iOS já desenvolvido pela empresa.

Uma amostra do potencial sonoro do iPolysix:

Seus desenvolvedores decidiram combinar ingredientes que são a receita do sucesso: uma bonita interface vintage (até o ícone é bonito), ótimos timbres, efeitos, sequenciador e, de quebra, recursos de redes sociais para lá de interessantes.

O que ele oferece?

Polifonia. Antes de tudo, imagine o que você faz com o iMS-20 e multiplique por seis. Aliás, por 12. O iPolysix oferece dois sintetizadores, cada um com 6 vozes de polifonia.


Cada sintetizador apresenta 1 oscilador (com sub-oscilador de até menos 2 oitavas) e as formas de onda triangular, dente de serra, PW e PWM (quadradas e retangulares com ajustes de largura de pulso), além de um gerador de ruído. Temos mais formas de ondas disponíveis do que no equipamento original.

O Polysix conta também com gerador de modulação (LFO ou MG), que pode ser direcionado para o amplificador, oscilador ou filtro, filtros high pass e low pass, gerador de envelope, uma vasta coleção de efeitos, incluindo os consagrados chorus, phase e essemble do Polysix, e arpejador .

Cada sintetizador conta com sequenciador próprio. O mesmo ocorre com a seção de bateria eletrônica, muito semelhante a do iMS-20. A novidade está no tamanho dos blocos, que agora podem ser mais longos, e na automação de parâmetros dos sintetizadores. Qualquer controle pode ser automatizado no tempo.

Produção feita apenas com timbres do iPolysix:

Há também um mixer, para controlar o ganho e pan de cada instrumento, além de permitir adicionar mais um efeito geral.

Inspiração analógica, conceito social

A ideia do iPolySix não é muito diferente dos demais apps da Korg para o iOS. A empresa aposta em ambientes completos para a produção de música eletrônica. Assim como iMS-20, o iPolysix traz, além do sintetizador, seções de bateria eletrônica e sequenciador, capazes de gerar composições inteiras.

A Korg investe na interação entre dispositivos diferentes rodando seus apps, com a tecnologia WIST, mas também permite renderizar os projetos em arquivos de áudio, copiar o trabalho para colar em outro app, ou ainda compartilhar tudo no SoundCloud.

Aliás, neste ponto o iPolysix também brilha. Com uma grande implementação da integração com o SoundCloud, a Korg permite não só que os usuários do iPolysix possam compartilhar suas criações, mas também ouvir e baixar músicas de outros usuários criadas no aplicativo. Quando falo em baixar, não quero dizer apenas fazer o download de um mp3, mas sim pegar o projeto completo para poder alterar como quiser, desde que o compositor permita. Acho isto simplesmente genial e um casamento fantástico da inspiração analógica com os recursos mais modernos e sociais.

Compatibilidade e outros recursos

Apesar de não deixar isto claro em lugar algum (tirando uma pequena nota no fim do manual), o iPolysix é compatível com MIDI via USB (Camera Connection Kit, iRig MIDI, ou similar) e pode ser comandado, sem problemas, por teclados controladores.

Nada de Porta MIDI Virtual por aqui, o que é uma pena! O iPolysix parece ter sido pensado para funcionar sozinho, no máximo exportando o áudio criado para outro app.

A tecnologia WIST está presente e garante a diversão na hora de sincronizar mais de um dispositivo rodando apps da Korg e outros compatíveis.

Disponibilidade e preço

O iPolySix está disponível na App Store por cerca de 15 dólares neste mês de lançamento. Em breve, o aplicativo será vendido por 30 dólares, o que deverá ser seu valor normal a partir daí. A experiência com apps musicais da Korg diz que é bom aproveitar promoções. A empresa custa a promocionar seus apps após a oferta de lançamento.

- Korg iPolysix para iPad:

KORG iPolysix for iPad (AppStore Link) KORG iPolysix for iPad
Desenvolvedor: KORG INC.
Preço: USD 29.99
Baixar na App Store!

Tocabilidade (5/5)
Qualidade Sonora:
(5/5)
Interface gráfica: (5/5)
Flexibilidade: (3/5)
Profissional: (4/5)
Diversão: (4/5)
Geral: (4.3/5)

-

Vale o investimento?

Sou suspeito para falar. Para quem adora sintetizadores é uma compra quem nem precisa de qualquer reflexão. Ótima sonoridade, bons recursos, baixa latência e a reprodução de um clássico analógico para o iPad, com várias possibilidades que o instrumento original jamais poderia oferecer.

Por outro lado, a Korg fica devendo os recursos mais modernos dos apps musicais na atualidade, como Porta MIDI Virtual ou, pelo menos, áudio em plano de fundo. Ou seja, é um aplicativo para rodar sozinho.


Posts Relacionados

7 Comments

  1. Rogermusic novembro 28, 2012 at 2:07 am - Reply

    Estava esperando este Review!!! Como sempre, parabéns, deu para ter uma boa idéia e correr prá comprar…

  2. Raphael dezembro 9, 2012 at 4:08 pm - Reply

    Corri, comprei e pirei… Valeu muito! Amanha tem audiobus

  3. AmandaZabini janeiro 2, 2013 at 5:06 pm - Reply

    Olaa!
    Será que alguem poderia me ensinar como gravar neste app? nao entendi o lance dos patterns, e tal, nao consigo gravar sequencias nele, como no garage band, que é com pistas,
    Se alguem puder me ajudar, com um tutorial passo a passo, seria mto bom, estou louca para aprender a fazer musicas nele!
    obrigado!

  4. Alan abril 26, 2014 at 12:57 pm - Reply

    Marcos o CC# do ipolysix, e fixo? Meu controlador tem a msg CC fixos, tem algum app para fazer ela mudança?

    Obrigado

    • musicapps abril 28, 2014 at 5:02 pm - Reply

      Creio que o MIDI Bridge poderá fazer isso pra você. Ele tem um recurso chamado Holy Mapper que troca os CCs de entrada por outros na saída. :)

Leave A Response


cinco + 8 =