Android, Matérias, Notícias

FL Studio Mobile e uma rápida atualização sobre a música no Android

Marcus Padrini outubro 9, 2012 12 Comments »

Há algum tempo, decidi abandonar o iPhone e passar um mês com um smartphone Android para testar o sistema operacional, comparar os principais recursos e entender como estava o desenvolvimento de apps musicais para estes dispositivos. Foi uma experiência interessante e, naquela época, ficou claro que o Android não estava nada preparado para os apps musicais (leia o post). O principal desafio? A alta latência, ou, em outras palavras, a grande demora entre o toque na tela e emissão do som de um aplicativo musical. Também já escrevi sobre a latência no Android.

Porém, notícias recentes dão conta de que a nova versão do SO do Google, a Jelly Bean, está trazendo excelentes novidades para os músicos. A principal seria uma drástica redução de latência. De sofríveis 100ms do Ice Cream Sandwich, o Jelly Bean seria capaz de atingir cerca de 12ms, algo bastante usável.

Mas o que o FL Studio Mobile tem a ver com tudo isso? Seus desenvolvedores seguem na batalha de trazer o app que é sucesso em iPads e iPhones para o Android. Este desenvolvimento tem sido uma verdadeira novela. Difícil imaginar os desafios que estes programadores têm enfrentado num ambiente hostil para aplicativos de música.

Recentemente, a equipe de desenvolvimento do FL Studio Mobile lançou uma nova atualização sobre o status de desenvolvimento do app para Android e as coisas parecem ter evoluído bastante. Veja só.

Tudo muito bonito, latência baixa, app tocável. Mas resta saber: quando? latência baixa com quais aparelhos? O FL segue sem data de lançamento e ainda é pequena a lista de dispositivos que rodam o Android Jelly Bean, versão provavelmente utilizada pelos desenvolvedores em seus dispositivos de teste.

O Jelly Bean também promete conexão USB com acessórios, incluindo os musicais, e recursos de áudio bem mais interessantes para o desenvolvimento de aplicações mais sérias do gênero.

Vários ótimos apps musicais para Android aguardam, tão ansiosos quanto seus usuários, a prometida baixa latência, para que, enfim, possam ser aproveitados plenamente. Alguns ótimos exemplos: Caustic, MorphWiz e SunVox.

Enquanto isto, aguardo pela atualização do meu Galaxy S3, atualmente rodando o Ice Cream Sandwich, que exibe no Caustic a pavorosa latência de 93ms. Espero poder, em breve, fazer uma matéria especial trazendo ótimas notícias sobre a música no Android.

Se você deseja saber mais sobre as novidades do Jelly Bean para a música no Android, não deixe de conferir este artigo no Gizmodo Brasil.


Posts Relacionados

12 Comments

  1. Giusoares outubro 9, 2012 at 3:39 am - Reply

    bem eu possuo IPAD 2, iPhone 4, iPod touch4. estou muito satisfeito com os resultados.

    MAS ao testar o Galax SIII de um amigo que trabalha comigo,fiquei muito impressionado com o Desempenho dele, processador super potente, qualidade Grafica ecepcional, se ele ja não for, acredito que os futuros galaxy, tera um desempenho tão potente quanto ao iPhone, o Galaxy ja esta bem proximo iphone. em alguns quesitos até passou.
    mas gostaria muito de ver um aplicativo de musical RODANDO NO ANDROID LISO…..

    com certeza teremos opções a MAIS, principalmente em compatibilidade de acessorios Musicais.
    USB compativel com qualquer dispositivo de audio.

    no Final da Historia, quem sai ganhando, Somos Nós…rsrsrsr

    • musicapps outubro 9, 2012 at 8:09 am - Reply

      Acho que vou fazer um review do S3 aqui. Mesmo não sendo o foco do site, poderá interessar por ser a perspectiva de quem usou iPhone nos últimos 3 ou 4 anos e resolveu experimentar o galaxy.

      • Maycon James outubro 9, 2012 at 1:43 pm - Reply

        Acho muito valido Marcus!

  2. Lee outubro 9, 2012 at 5:06 am - Reply

    @Giusoares: O S3 não é o mais rápido smartphone hoje no mercado, pelo menos não fora do Brasil. Veja alguns testes de performance e da tela do iPhone 5: Performance: http://www.anandtech.com/show/6324/the-iphone-5-p...
    Tela: http://www.anandtech.com/show/6334/iphone-5-scree...
    O iPhone 5 tem desempenho muito próximo do iPad 3, o que é muita coisa pra um smartphone.
    Sobre a tela eles finalizam o teste assim:
    To put this in perspective, in the past few years I've reviewed probably 30-40 different displays, from PC monitors to TVs to projectors. Not a single one, out of the box, can put up the Gretag Macbeth dE numbers that the iPhone can, and perhaps one projector (which listed for $20,000) can approach the grayscale and color accuracy out of the box.
    Entrei numa loja um dia desses decidido a comprar o S3, mas quando peguei na mão achei grande, ou talvez minhas mãos sejam pequenas… :-) De qualquer forma a concorrência é ótima para nós com certeza!!

  3. Lucas outubro 9, 2012 at 3:43 pm - Reply

    Marcus, faz o review sim…
    Estamos aguardando o teu review sobre S3… se continuar do jeito que está indo, nós usuários de iPhones iremos migrar tudo pra android. hehehe

  4. parc outubro 9, 2012 at 6:30 pm - Reply

    O Android é um fantástico sistema, se melhorar a latência será ainda melhor, no entanto o grande problema continuará por resolver. O ambiente é bastante difícil para programadores, quando querem lançar app's e updates tem que pensar nas várias plataformas (hardware) existentes com diferentes características Depois surgem bugs diferentes nas diferentes marcas. Enfim, implica muito trabalho com pouca recompensa. Por isso muitos preferem só lançar no IOS que é um sistema mais controlado, fechado a funcionar apenas nos dispositivos apple.

  5. Cláudio Renato outubro 9, 2012 at 8:40 pm - Reply

    Escolhi o Iphone 4s exclusivamente porque até o momento é o melhor aparelho para músicos, principalmente pela integração que ele tem com outros equipamentos na área musical que agrem valores ao mesmo. Ou seja, com o iRIG MIDI, você pode utiliza-lo como um processador de efeitos para teclado, baterias eletronicas, etc… Sem contar na versão do iRIG para guitarra e baixo que também possibilita utilizar o aparelho como um processador de efeitos para guitarra e contrabaixo. Até o momento tenho certeza que fiz a escolha certa, mas se realmente essa integração for possível com outros aparelhos que utilizam Android, com certeza o iPhone não vai mais ser o brinquedinho preferido dos músicos de plantão, pois em relação ao hardware, deixa a desejar quando comparado à outros aparelhos…

  6. Lee outubro 9, 2012 at 11:44 pm - Reply

    Seria muito bom um review do ponto de vista musical mesmo, porque de outros pontos de vista a net já está cheia. Estou no aguardo também. E antes que eu esqueça, parabéns pelo ótimo blog Marcus! Quase todos os meus apps musicais vieram das ótimas matérias que encontrei aqui.

  7. musicapps outubro 10, 2012 at 12:30 am - Reply

    Ok, irei preparar o review e tentarei publicá-lo ainda antes do feriado deste final de semana. :)

  8. RomeroMarcius dezembro 22, 2012 at 11:26 am - Reply

    Muito legal o site http://musicapps.com.br
    Conte comigo para divulgá-lo!

Leave A Response


+ 1 = três