Entrevistas, Mac, Matérias, Notícias, Windows, iPad, iPhone/iPod Touch

Rheyne: instrumentos clássicos, apps musicais e tecnologia para criar ao vivo

Marcus Padrini maio 5, 2012 3 Comments »

Há alguns dias, descobri o trabalho de um artista americano chamado Rheyne. Seu canal no youtube apresenta uma série de performances envolvendo equipamentos clássicos, como sintetizadores analógicos e piano elétrico, e tecnologia musical, com softwares como o Ableton Live, controladores e aplicativos iOS.

O bom gosto pelos timbres de leads, baixos e pads chamou a minha atenção, assim como a mixagem interessante e belas linhas melódicas. Não é exatamente simples achar alguém que lide tão bem com tecnologia e equipamentos um pouco mais antigos, a ponto de criar tudo ao vivo e demonstrar total controle da situação.

Geralmente, Rheyne conecta seus equipamentos ao computador e usa o Ableton Live para criar e disparar seus loops, enquanto executa um solo em um sintetizador analógico ou aplicativo para iPad. Ao longo da última semana, troquei alguns e-mails com o artista e a conversa acabou virando uma entrevista, que você confere agora no MusicApps.

-

MA: Por quê e quando você decidiu gravar suas performances musicais e colocá-las no YouTube?

Rheyne: Isto foi no meio de 2010. Eu estava assistindo uma entrevista da Imogen Heap e eu me tornei seu fã quando vi sua performance com lopps a capella para fazer uma versão de “Just for now”. Eu fiquei impressionado com seu talento e habilidade técnica. Na entrevista, ela mencionou um artista chamado Beardyman, que ela estava curtindo no YouTube. Então, fiz uma busca e assisti algumas de suas performances ao vivo com loops, o que me levou ao vídeo de Tim Exile tocando “YouTube Killed The Now Wave Star”, que é uma peça fantástica desenvolvida por ele para a Native Instruments…E, em meio aos três, eu estava viciado.

-

MA: Assisti vários dos seus vídeos no YouTube e notei que você tem um ótimo setup. Um piano elétrico, sintetizadores analógicos, etc. Conte-nos um pouco sobre seu passado com estes equipamentos vintage.

Rheyne: Tive sorte de encontrar um Fender Rhodes e um Moog Prodigy em ótimo estado de funcionamento. Eu estudei piano clássico e, se tivesse que escolher um instrumento para tocar para sempre, seria um piano. Mas eu gosto de instrumentos analógicos e digitais igualmente, assim como instrumentos virtuais.

-
MA: Na minha opinião, você tem um grande talento para criar timbres e belas linhas melódicas. Suas performances são música eletrônica, mas muitas vezes me lembram Rock Progressivo e outros estilos. Como você define a música que cria?

Rheyne: Obrigado! Eu realmente passo por situações difíceis quando amigos me perguntam que música estou fazendo. Eu penso que é uma mistura de jazz, prog e vários elementos eletrônicos que me influenciam.

Equipamentos!

-
MA: Nos seus vídeos, você faz uma ótima combinação de instrumentos clássicos e tecnologia musical. Muitas das vezes, você estava usando o Ableton Live. Ele é a ferramenta musical mais importante em seu computador?
-
Rheyne: Sim, definitivamente. Inicialmente, considerei hardware loopers, mas me surpreende como um não consegue estar em sincronia com o outro. Pessoas que usam o hardware para loops precisam de muito mais habilidade e prática, especialmente porque os clocks podem começar a variar depois de apenas um minuto de playback. Então, você realmente tem que estar no comando de tudo. O Ableton permite que você relaxe um pouco e dá tempo de você se mover até outro teclado, enquanto ele mantém o loop no tempo, ou dividido na forma que você quiser.
-
MA: Fiquei conhecendo seu trabalho por conta de seus vídeos usando dispositivos iOS. Provavelmente, o mesmo está acontecendo com muitas outras pessoas. Por quê você decidiu usar o iPad/iPhone/iPod Touch e os apps musicais em suas performances?
-
Rheyne: Eu fiquei um pouco frustrado com o layout e opções de muitos controladores MIDI reais. Foi quando vi que o Lemur havia sido lançado para o iOS. Ele me ofereceu a habilidade de projetar um controlador MIDI exatamente como queria.  Originalmente, comprei o iPad apenas por conta do Lemur, mas descobri que existe várias outras coisas boas feitas para ele.

-
MA: Na sua opinião, qual é o grau de profissionalismo dos apps musicais para iOS atualmente? Você continuará usando estes apps em suas performances?
-
Rheyne: Existem apps excelentes por aí. A Apple precisa apenas tornar a latência ainda um pouco menor, para fazer dos dispositivos iOS verdadeiros competidores dos tradicionais controladores MIDI. Mas eles já são perfeitamente “tocáveis” como estão, especialmente os apps de baixíssima latência como o Geo Synthesizer.
-
-
MA: Quais apps/softwares fazem parte do seu top 5?
-
Rheyne: Sem uma ordem particular: Lemur, Animoog, Nodebeat, Reaktor e Ableton Live.
-
-
MA: Você tem feito shows? Está pensando em vender suas músicas na iTunes Store?
-
Rheyne: Em breve, farei alguns shows na região de Nova Iorque. Estou bem disponibilizando todo meu material gravado para download gratuito no SoundCloud.
-
-
Se você quer conhecer melhor o trabalho do Rheyne, visite seu canal no YouTube, ou baixe suas performances gravadas ao vivo no SoundCloud.
-


Posts Relacionados

3 Comments

  1. Igor maio 5, 2012 at 3:44 pm - Reply

    Muito legal, o Ipad estará cada vez mais presente na criação música.
    Marcus, eu comprei o appoge jam, mas meu cabo que conecta o appoge ao Ipad quebrou,não sabe onde eu compro?

    • musicapps maio 12, 2012 at 8:44 am - Reply

      Dá uma olhada com o pessoal da Quanta Store para saber se há possibilidade de adquirí-lo separadamente, ou pelo menos pegar o contato para resolver isso.

  2. Vandder Lima maio 5, 2012 at 5:23 pm - Reply

    Parabéns Marcus pelo excelente trabalho. O MusicApps está na cabeça do meu top 5 de blogs! Ótimas matérias!

Leave A Response


− 4 = quatro