Matérias, Notícias, iPad

O Novo iPad e a música em dispositivos móveis

Marcus Padrini março 8, 2012 5 Comments »

Ele foi anunciado. O novo modelo do tablet da Apple não foi batizado de iPad 3 e nem de iPad HD, como muitos apostavam. Em vez disso, o nome dado foi simplesmente “O Novo iPad”. A nova geração traz o badalado display retina e processador A5X, que promete performance 4x superior à do primeiro iPad.

Assisti há pouco a keynote do anúncio e acredito que seja interessante comentar o que o novo iPad poderá trazer de bom para a música móvel, já que para games, fotos e vídeo, outros 287482764 blogs e sites já falam naturalmente e em detalhes. Resolução é o foco do Novo iPad, porém, como nosso negócio é áudio, vamos direto ao ponto: como o Novo iPad poderá melhorar o que já fazemos com os apps musicais para iOS? A resposta, pelo menos por enquanto, só pode ser dada parcialmente.

O processamento superior irá melhorar a performance de nossos apps musicais favoritos, além de favorecer o surgimento de outros títulos mais complexos e elaborados. Porém, por outro lado, mais uma vez não temos a divulgação da memória RAM do modelo que está sendo lançado. E é justamente o casamento Processamento + Memória que define o quanto a vida fica melhor para a música no novo iPad.

Vamos pensar em dois rápidos exemplos: hoje, já temos apps de gravação bastante elaborados, como o Meteor. Porém, eles geralmente não oferecem performances muito confiáveis quando começam a ser mais exigidos. Fechamentos inesperados não são incomuns. Maior processamento e mais memória RAM poderiam resolver completamente o problema. Segundo exemplo: está cada vez mais normal utilizar alguns apps musicais em parceria, rodando em background. Mais uma vez, a quantidade de aplicativos que podem funcionar simultaneamente e a agilidade para trabalhar com eles variam em função da memória + processamento. Quanto menor a memória RAM, menor a quantidade de aplicativos que poderão ocupá-la ao mesmo tempo. É aquela situação típica do iPad 1 de alternar entre apps e perceber que eles estão sendo carregados do zero a todo momento. E isto não é nada legal para novidades como o AudioBus, que deverá precisar exatamente de processamento + memória para executar um ótimo trabalho.

Ainda não sabemos ao certo se o Novo iPad trará enfim 1GB de memória RAM, em vez dos 512MB da segunda geração, porém há uma boa chance. Aliás, seria natural acompanhar a evolução da memória de outros smartphones com Android, por exemplo. Além disto, o tablet está mais grosso e pesado devido ao esforço da empresa em manter a duração da bateria mesmo com os novos recursos. Um deles poderá ser o aumento da memória RAM, o que será ótimo para os apps musicais. É só pensar na diferença que já temos entre vários apps rodando no iPad 1 e a mesma situação no segundo modelo. Mais uma vez, esta capacidade seria dobrada com o Novo iPad.

Em breve teremos a confirmação e, logo depois, relatos de desenvolvedores explicando o que há de melhor no novo hardware para seus títulos. Vamos aguardar novidades.


Posts Relacionados

5 Comments

  1. Carlos março 8, 2012 at 11:17 am - Reply

    Lembro de ter escutado na keynote o desenvolvedor da EPIC dizer q o Novo Ipad tem mais memória RAM q um PS3 ou XBOX, ambos com 512MB.

    Possivelmente o novo device tem 1GB ou até mais! :-)

    A notícia está se confirmando em alguns sites: http://www.appleinsider.com/articles/12/03/08/a5x...

  2. Equipe Estrombo março 8, 2012 at 1:05 pm - Reply

    Tomara que o novo iPad abra ainda mais espaço para se explorar a música móvel, seja na produção ou na distribuição. Ja fizemos alguns posts sobre o assunto no Estrombo, falando como alguns aplicativos transformam o celular ou o tablet em um verdadeiro estúdio móvel (e portátil). Este, sobre o GarageBand, é um deles: http://estrombo.com.br/producao-musical-no-celula...

  3. Francisco Farnezi março 14, 2012 at 6:34 pm - Reply

    Não sei se isso esclarece alguma coisa, mas…: http://www.tinhte.vn/threads/1139326/

  4. Giusoares março 16, 2012 at 1:32 am - Reply

    Infelizmente o processador é o mesmo, só foi dobrada amemoria ram e aumentaram o processador grafico quadcore pra suportar a interface grafica, rodando em full hd, espero que esse processador grafico tem uma melhora significativa para NOS MUSICOS. AJUDANDO NAS LATENCIAS E EVITANDO BUGS EM ALGUNS APPS.

Leave A Response


7 − dois =