Quanto custa expandir os timbres de seus apps musicais favoritos para iPad/iPhone?

Os aplicativos musicais para iPhone e iPad evoluíram muito no último ano. Além da qualidade sonora, outro recurso que se desenvolveu foi a expansão dos timbres de alguns títulos. É comum encontrar apps que permitem a compra de pacotes de timbres em lojas virtuais no próprio aplicativo. Mas quanto custa ter mais sons de qualidade em seus aplicativos favoritos?

Vamos começar a falando de um dos aplicativos que possuem maior possibilidade de expansão, o SampleTank para iOS. A IK Multimedia apostou, como sempre, em uma versão gratuita e outra completa e paga (19 dólares). Porém, comprar a versão full não quer dizer ter acesso a todos os timbres disponíveis. Grande parte dos sons pode ser obtida apenas com a aquisição de pacotes de timbres. Normalmente, estas coleções são vendidas por 4.99 dólares cada e oferecem cerca de 20 timbres. Fazendo as contas: 50 centavos de real por cada novo som. Oferta semelhante é oferecida pelo app Alchemy, um interessante sintetizador para iOS, que disponibiliza uma série de coleções para a compra no aplicativo.

O recém lançado Seline Ultimate está vendendo pacotes de timbres por 1.99 dólar. Cada coleção traz 8 novos instrumentos. Novamente chegamos aquele resultado dos 50 centavos por cada novo timbre.

Era questão de tempo para que usuários desses aplicativos começassem a desenvolver seus próprios timbres. Alguns decidem compartilhá-los gratuitamente, como fizemos aqui com a coleção timbres para o SampleWiz, enquanto outros tentam vender o trabalho de criação em forma de pacotes. Tive notícia de duas coleções que estão sendo vendidas na internet para os apps Animoog (30 dólares) e NLogSynth Pro (15 dólares). Confira.

Coleção LUFTRUM 8 para o Animoog

– 64 presets por 19 dólares (55 centavos por preset). Site da coleção.

Coleção App Sound para NlogSynth Pro e NLog PolySynth (Mac)

– 96 presets + 20 drum loops por 5 dólares (menos de 10 centavos por preset). Site da coleção.

O mesmo já acontecia e continua acontecendo na venda de timbres para teclados sintetizadores e instrumentos virtuais. Existem sites inteiros destinados a isto. Eu mesmo já comercializei uma coleção com centenas de timbres para o antigo sintetizador Yamaha DX7, fruto de um trabalho de inúmeras noites programando na síntese FM. A diferença é o preço do instrumento para o qual os timbres são feitos. Um pacote de timbres de um sintetizador por 10 reais, para um equipamento que custa mais de mil, é uma coisa, mas como calcular o preço de timbres para produtos que não custam mais do que 40 ou 60 reais (os mais caros)?

Já li várias opiniões bastante diferentes sobre essas duas coleções lançadas para apps musicais para iPad e iPhone e também sobre a venda de timbres dentro dos apps, mas adoraria saber o que os leitores do MusicApps pensam sobre o assunto.

Quanto você estaria disposto em investir para ter mais timbres de qualidade em seus apps favoritos? Você já comprou pacotes de timbres nos próprios aplicativos? Estaria disposto a investir em coleções feitas por outros usuários? Mande a sua opinião nos comentários.
Curta e compartilhe!