Auria: gravação de 48 pistas e VSTs no iPad

Durante a NAMM 2012, a Wave Machine Labs anunciou um novo aplicativo para o iPad que tem tudo para ser revolucionário. O Auria é um gravador de 48 pistas para o tablet da Apple e promete finalmente trazer ao iOS um padrão de instrumentos virtuais VST.

Por mais que seja difícil acreditar, os desenvolvedores afirmam que o aplicativo é capaz de gravar 18 pistas de áudio simultaneamente (sim, você leu dezoito!), utilizando o Camera Connection Kit e interfaces de áudio USB compatíveis. A aposta é que o mesmo processo possa funcionar muito bem com 24 pistas. O único limite é a disponibilidade de interfaces com esta quantidade de entradas que sejam compatíveis com o iPad.

O Auria também será o primeiro aplicativo a utilizar em sua descrição o termo “VST”. Ter o popular formato de instrumentos virtuais para o computador funcionando no iPad é um velho sonho da maioria dos músicos donos do tablet. Porém, ainda não será desta vez que os VSTs irão funcionar simplesmente arrastando pastas e arquivos para seu iPad com o iTunes. Na verdade, a Wave Machine Labs está auxiliando empresas que desejam migrar seus instrumentos e efeitos virtuais para o padrão iOS. E, como sempre, tais efeitos e instrumentos irão acompanhar o aplicativo, ou terão que ser adquiridos por compra dentro do título (in-app purchase).

Confira a apresentação do Auria para iPad:

Aí vão as principais características do aplicativo:

  • Playback de até 48 pistas simultâneas.
  • Grave até 24 pistas de uma só vez.
  • Suporte para formato VST.
  • Importação e exportação no formato AAF.
  • Inclui plugins da PSPaudioware, Fabfilter e outros.

A torcida é para que o Auria consiga fazer o que o TableTop ainda não conseguiu: despertar a vontade de desenvolvedores de VSTs para a criação de versões iOS de seus plugins. Também fico curioso sobre o desempenho do novo app nos dois modelos atuais do iPad.

Curta e compartilhe!