Matérias, Notícias, iPad, iPhone/iPod Touch

Instrumentos virtuais iOS: oásis de sintetizadores e drum machines no deserto de outras opções

Marcus Padrini julho 6, 2011 5 Comments »

Recebo muitos e-mails pedindo indicações de aplicativos musicais iOS. Vários destes pedidos estão relacionados a títulos com timbres específicos de alguns instrumentos, como “um bom app para piano elétrico”, “qual é o melhor com sons de orquestra”, etc. No momento em que escrevo este post, já são mais de 3.450 aplicativos musicais para o iPad. Muita coisa, não? Sabe qual é o melhor app para o tablet com sons de piano elétrico? O GarageBand. E para sons de órgão Hammond? O GarageBand. O melhor som de baixo ? Adivinhe.

Se você procura sintetizadores de todos os tipos (modelagem analógica, experimentais, híbridos, granulares, etc) ou drum machines, não faltarão opções de alta qualidade. iMS-20, Horizon, NLog, iElectribe, MoDrum e FunkBox são alguns exemplos. A app store recebe quase todos os dias um sintetizador de modelagem analógica novo. Parecem estar virando receita de bolo. Ali estão 2 osciladores, filtros, alguns efeitos, modulações e temos um novo instrumento. Agora, quando foi que você viu um bom aplicativo de piano chegando à loja virtual da Apple, com MIDI e bom timbre? Consigo lembrar do Pianist Pro, que já é um senhor de idade, e do GarageBand. Fim.

Acreditava que, com o lançamento do GB, apps com timbres de ótima qualidade, dos mais diversos instrumentos, não iam parar de chegar. Não foi o que aconteceu. Diferente do que ocorre com apps gravadores, controladores e simuladores de efeitos, a maior parte dos aplicativos que possuem timbres que pretendem simular outros instrumentos, principalmente os acústicos, ainda não passa de brinquedos. Em alguns casos, brinquedos ruins.

Se músicos estão usando iPads e iPhones para registrar ideias, controlar equipamentos, simular efeitos e amplificadores, é mais do que natural que também queiram contar com bons instrumentos virtuais em seus dispositivos. Há as limitações de hardware para produzir um MainStage ou Kontakt para o iOS, com certeza. Porém, nada impede a criação de apps dedicados a certos instrumentos.

Eu adoraria ter no iPad algo como o TruePianos para Mac e Pc, ou um Lounge Lizard para pianos elétricos. É bom lembrar que a Roland (com o nome de Edirol) lançou o Edirol Orchestral para desktops há muito tempo e ele rodou perfeitamente em computadores bem antigos. Ainda não há nada para o iOS que produza timbres como os dele. Vale dizer que todos os exemplos citados são de instrumentos virtuais não muito novos, com pré-requisitos de hardware modestos e extremamente pequenos, afinal se baseiam fortemente em síntese e não em samples.

Acredito que o aumento da qualidade não passe pela criação de apps musicais “tudo em um”. Com recursos de hardware limitados, tentar fazer tudo em um só aplicativo poderá somente significar ter uma série de coisas fracas dentro de um mesmo lugar.

Ontem um leitor comemorou quando ficou sabendo do futuro lançamento da Zildjian para o iOS. Tenho certeza que o mesmo aconteceria com a criação de diversos apps para instrumentos específicos. Eles só precisam ter MIDI, recursos de gravação e copiar/colar áudio, e já serão muito bem aceitos. Há mercado e ele não é pequeno.

De quais timbres você mais sente falta em seus apps para o iOS? Se pudesse escolher um lançamento, qual seria?


5 Comments

  1. Marlon Moraes julho 6, 2011 at 11:33 am - Reply

    Ola Marcus,

    Os dois timbres que mais sinto falta são de Violão acústico e Piano.

    Abs,

  2. @paresq julho 6, 2011 at 11:38 am - Reply

    O MusicAppsBr não dá ponto sem nó (como dizia minha vó). Muito bom este post e acredito que possa ser até polêmico para alguns.

    Sem dúvidas que este cenário de música móvel é apenas o começo de uma nova categoria musical tanto para gravações quanto para performances ao vivo.

    Para quem já trabalhou ou trabalha com estúdio (tanto profissionalmente quanto em Home Studios) sabe muito bem quais as vantagens de usar os plugins, VST e VSTi dos Pro Tools, Samplitude, Nuendo, Cubase, etc.

    Eu usei muito tempo o Forte (rack virtual onde vc monta presets de VST) com muita coisa bacana da Native Instruments (como o B3 Organs entre outros), Garritan Jazz and Big Band (fantasitico) Korg MS-20 (versão muito parecida com do iOS). Sinto muita falta disso mas sei que não vai demorar para chegar ferramentas parecidas como estas no iOS.

    Basicamente sinto falta de Pianos, Rhodes, Naipe de Metais (Sax, trompete e Trombone). Acho que o restante da pra quebrar um galho.

    Quando o ThumbJam tiver suporte a Midi vou pirar!!!

  3. deniscass julho 6, 2011 at 11:42 am - Reply

    Realmente concordo com o desabafo… um app com um bom timbre de piano e tocabilidade seria um sucesso extremo pra IOS… Mesmo pra strings, metais. O melhor que já ví é o ThumbJam pra samples de flautas e strings boas…

  4. Stanley julho 6, 2011 at 11:51 am - Reply

    O ThumbJam tem timbres excelentes, realmente. P/ mim é um dos melhores apps musicais do iOS e todas as atualizações feitaspara ele foram excelentes. O GB tb tem excelentes timbres para violinos, por exemplo. O Hollywood Strings eu acho excelente!

    Marcus, no primeiro parágrafo vc cita o GB como o melhor app para timbres de piano e órgão Hammond. Isso significa q os timbres são os melhores porq o de todos os outros apps estão abaixo? Tipo… Não quer dizer q são necessariamente bons, certo? Acha q dá p/ produzir música de qualidade usando esses timbres e depois mixando em um Meteor?

  5. Afonso julho 6, 2011 at 4:39 pm - Reply

    Acho que um biz dos timbres do M1 e DX7 lembra ? Seria o máximo .. Uns retro não muito distantes de timbres dos anis 8o já entrando nos 90 .. Quantas musicas brilhantes saíram deles lembram? Eram notáveis a cada hit que chegavam as rádios .. E aja fita TDK90 chrome para gravar … Tudo

    Bom se foi tudo…
    Um abraço,
    Afonso

Leave A Response


− 2 = sete