Matérias, Notícias, iPad, iPhone/iPod Touch

MusicApps no Rio Music Conference

Marcus Padrini março 4, 2011 1 Comment »

Ontem estivemos no Rio de Janeiro para participar do Rio Music Conference 2011. O painel “Apps” foi um bate papo muito legal contando com a participação do DJ e desenvolvedor Nonnus (de Portugal) e o também DJ, produtor musical, engenheiro de áudio e dono de selo Guilherme Picorelli.

Na conversa, falamos sobre nossas experiências sobre aplicativos musicais para a música eletrônica. Guilherme Picorelli disse como os dispositivos multi-toque são importantes para ele, como controladores, por meio da tecnologia OSC. Segundo o DJ, a flexibilidade da criação de interfaces no iPhone diminuiu bastante a sua busca incessante por bons equipamentos controladores para hardware e software.

Nonnus foi pioneiro na criação de apps controladores MIDI para iOS. Sua empresa iTouchMidi é responsável por verdadeiros campeões de venda na App Store desde 2008. No evento, Nonnus contou sobre o processo de desenvolvimento para o iOS e a venda de apps na loja da Apple. Falou também sobre os principais desafios e dificuldades encontrados pelos desenvolvedores de apps musicais.

Também esteve em pauta o lançamento do novo iPad e a chegada do Garage Band ao iOS, considerada por todos um importante passo para a música em dispositivos móveis. Nonnus lembrou que é a primeira vez que a Apple desenvolve um app de áudio para o iOS, após já ter lançado diferentes títulos para diversas outras finalidades.

Como conclusões mais importantes, a constatação de que, mesmo com o desenvolvimento e popularização do Android, iPhones, iPads e iPods Touch são atualmente as melhores opções para músicos. O SO da Google ainda não passa de uma promessa. Porém, mesmo com a evolução dos dispositivos da Apple para esta finalidade, vários detalhes deverão ser acertados para que desenvolvedores, usuários e fabricantes possam ficar satisfeitos com a música no iOS.

Nem só o Android vive problemas de fragmentação. Um caso emblemático, discutido no painel, foi o da interface Midi Mobilizer na Line 6. A empresa investiu pesado na criação de um acessório MIDI versátil para o iOS. Três meses depois de seu lançamento, a Apple anunciava a CoreMIDI nativa no iOS e a utilização do Camera Connection Kit como acessório para conexão de interfaces MIDI USB em iPads. Rapidamente, diversos desenvolvedores adotaram o padrão MIDI da Apple e simplesmente se esqueceram da Line 6 e da MIDI Mobilizer. Os motivos que fizeram com que a MIDI Mobilzier não se tornasse compatível com CoreMIDI ainda são um mistério. Perdem os usuários que passam a contar com menos aplicativos compatíveis com um excelente produto, vítima da fragmentação.

O Rio Music Conference segue na próxima semana com uma programação agitada de festas na Marina da Glória. Agradeço o convite e também a oportunidade de encontrar e conhecer pessoas tão interessantes. Parabéns à organização do RMC, durante nossa presença por lá tudo ocorreu de forma impecável.  O painel “Apps” foi filmado e em breve deveremos ter o conteúdo aqui na internet. Anunciaremos na oportunidade.

Se quiser saber mais sobre o Rio Music Conference 2011, acesse o site do evento.

Conheça também a iTouchMidi e o trabalho do DJ Nonnus e o selo DPNY Records de Guilherme Picorelli.


Posts Relacionados

One Comment

Leave A Response


seis × 4 =