Entrevistas, Matérias, Notícias, iPad, iPhone/iPod Touch

Ellen Once Again fala sobre fazer música no iPad (Entrevista)

Marcus Padrini março 25, 2011 1 Comment »

Ellen Once Again é cantora, compositora e instrumentista do estado do Texas (EUA). Apesar de estar envolvida com música desde os 12 anos, apenas recentemente decidiu investir em sua carreira musical. Andre (seu marido e viciado em Gadgets) lhe apresentou o iPad.

Enquanto grava seu primeiro álbum, Ellen já lançou vídeos em que usa o iPad e apps musicais. Seu vídeo cantando versões de “Hey Soul Sister” / “New Soul” teve rapidamente mais de 20 mil exibições no YouTube.

Nessa entrevista, Ellen fala sobre sua experiência utilizando o iPad com finalidades musicais, seus aplicativos musicais favoritos e o processo de produção de seus vídeos.

[You can read this interview also in English here.]
-

MA: Para começar, eu gostaria de saber um pouco sobre o seu passado musical antes do iOS. Quando você começou a tocar e cantar?

Ellen: Comecei por volta dos 12 anos. Cresci cercada por muita música. Minha família sempre cantou muito e sempre existiram violões e pianos em casa.

-

MA: Quais instrumentos você toca?

Ellen: Toco piano e um pouco de violão.

-

MA: Você ensina música para crianças, certo?

Ellen: Sim, do jardim de infância à quarta série.

-

MA: Você esteve envolvida com tecnologia musical antes dos iGadgets?

Ellen: Há cerca de 5 anos, quando conheci o Andre. Ele estava sempre tentando me mostrar alguma coisa relacionada à tecnologia. Acredito que posso dizer que funcionou.

-

MA: De acordo com seu site, seu marido lhe apresentou alguns dispositivos e apps musicais. Seu primeiro vídeo cantando e tocando com estes apps teve mais de 20 mil visualizações. Por que decidiram fazer esse vídeo?

Ellen: Tudo começou em uma conversa com minha família e amigos, tentando provar que você poderia conseguir bons resultados musicais com o iPad e o iPhone. Uma coisa levou à outra e nós começamos a documentar o processo. Então nós tivemos a ideia de fazer um vídeo sobre isso.

-

MA: Vocês esperavam estes números?

Ellen: Definitivamente, não. Para falar a verdade, chegamos a pensar em não deixar o vídeo listado para o público, porque não queríamos encarar o crítica anônima à nossa primeira tentativa de fazer música com o iPhone/iPad.

-

MA: Esses vídeos estão auxiliando em sua carreira como cantora e instrumentista? O que mudou desde que eles surgiram?

Ellen: Eu diria que ajudou, principalmente do ponto de vista motivacional. Sempre quis fazer música e sempre estive apreensiva em divulgá-la para o público. De qualquer forma, tomando como base os comentários e o auxílio de todos, realmente me senti com coragem para seguir em frente.

-

MA: Poderia nos contar um pouco sobre o processo de produção de seus vídeos? Qual é o seu primeiro passo?

Ellen: Começo escolhendo uma música e a experimentando com diferentes acordes, e algumas vezes arranjos, que poderão complementar a canção. Então, usamos aplicativos que poderão nos auxiliar no processo de dar vida às músicas.

-

Glee: hey, soul sister, episódio 9

MA: Como você escolhe uma música e os aplicativos?

Ellen: Normalmente, nós escolhemos uma música baseada no que estou sentindo no momento. Por exemplo: eu estava ouvindo muito Yael Naim e a série Glee havia acabado de fazer a performance de Hey, Soul Sister. Então, tivemos a ideia de misturar Soul Sister e New Soul. Foi o mesmo conceito em Marry You. Eles (Glee) tinham acabado de cantar Marry You de Bruno Mars.

Agora o processo é diferente. Estamos tentando ter uma ideia mental sobre como o vídeo irá ficar, antes mesmo de começar. Algumas vezes, acho que pensamos demais nas coisas. Sobre os apps, nós simplesmente damos uma olhada nos blogs especializados para descobrir o que irá se encaixar no que estamos fazendo.

-

MA: Vocês fazem tudo sozinhos?

Ellen: Tudo é feito em casa pelo Andre e por mim. Nossa sala de estar é nosso espaço de gravação. Vi alguns comentários engraçados sugerindo que isso era uma jogada de marketing. Enquanto meu sonho é compor canções para a TV e o cinema, a Apple e o Smallville ainda não me chamaram :-) Somos somente nós dois, longas horas, muita diversão e às vezes muito café. :-)

-

MA: Vimos que você está usando recursos MIDI e de gravação de áudio no iOS. Pode nos dizer um pouco sobre os equipamentos que vocês têm utilizado para produzir as músicas?

Ellen: Para trabalhar com MIDI no iOS nós temos usado a Line 6 MIDI Mobilizer. Então, usamos o NanoStudio para fazer o esboço da faixa. De qualquer forma, até há algum tempo não havia uma maneira prática de finalizar uma música sem sofrer um pouco. Então passamos tudo para o computador usando o Cubase. Agora, o GarageBand oferece as ferramentas necessárias para gravar grande ideias e conceitos no iPad.

-

GarageBand para iPad

MA: Falando sobre apps musicais para o iOS. Sabemos que existem muitos brinquedos e apenas alguns muito bons para verdadeiros músicos. Quais são os seus favoritos na atualidade?

Ellen: Meu Top 3:

GarageBand
NanoStudio
Pianist Pro

Menção honrosa: NotePlex é outro que é novidade e é super legal. Acho que dá para fazer muita coisa bacana com ele.

-

MA: Você está constantemente procurando novos apps musicais? Quantos apps de música você carrega em seus dispositivos?

Ellen: Andre navega pela maioria dos blogs sobre music apps e tecnologia. Então, se ele vê alguma coisa que pode nos auxiliar, nós decidimos testar. Acredito que devo ter cerca de 50 apps musicais. Mas isto inclui dicionários de acordes para piano e violão e aplicativos de rádios online.

-

MA: Assistimos o seu vídeo com seu novo iPad 2. Qual foi a sua primeira impressão sobre ele para a música? Notou alguma grande evolução em relação ao modelo anterior? Qual seria seu conselho para aqueles que estão fazendo música com o iPad de primeira geração? Esta atualização é altamente recomendada?

Ellen: O novo iPad é incrível. Acredito que o marco para dispositivos baseados na idéia do tablet foi a apresentação do iPad 2. E para amantes da música, o lançamento do GarageBand. Para os músicos, isso mostra o compromisso da Apple com a plataforma musical móvel, transformando a percepção sobre fazer música no iPad de algo quase desconsiderado para um cenário capaz de virar a cabeça.

Existem grandes apps musicais por aí que prepararam o caminho, mas a chegada do GarageBand anunciou ao mundo que a música móvel está aqui para ficar como uma força a ser considerada. A vida só pode ficar melhor a partir daqui :)

Sobre a atualização, isso depende da necessidade de cada um. Os apps de música funcionam atualmente nas duas gerações, então os donos do primeiro iPad deverão ficar bem por algum tempo. Por outro lado, o iMovie é apenas para o iPad 2. Então, é seguro dizer que, com maior processamento, desenvolvedores e programadores vão desejar utilizar estes recursos. É muito bom ver que grandes nomes como a Steinberg e a Image Line estão entrando nesta loucura musical.

-

MA: Sabemos que você tem muito talento e uma bonita voz e que isto é mais importante do que qualquer dispositivo ou app musical. Mas, pensando no futuro, você pretende manter iPads e iPhones como ferramentas de produção musical? Sei que você tem shows a caminho. Vai usar o iPad no palco?

Ellen: Muito obrigada pelo elogio, você é muito gentil. Sim, no futuro penso em colocar os dispositivos iOS em performances ao vivo. E vamos continuar a nos divertir e aproveitar ao longo do caminho. Estou trabalhando atualmente em reunir minhas ideias e me preparando para apresentar algumas de minhas canções originais.

-

MA: Ellen, muito obrigado por falar aos nossos leitores e compartilhar conosco suas ideias sobre seu trabalho e música móvel. Estamos aguardando novos vídeos e outras ótimas músicas.

Ellen: Marcus, obrigada pelo carinho e pela oportunidade de compartilhar minhas experiências com o iPad.


Posts Relacionados

One Comment

Leave A Response


quatro × = 16