Especial Musica no iPad, Guias e Tutoriais, Matérias, Notícias, iPad

O iPad pode ser um ótimo parceiro para equipamentos musicais clássicos e modernos

Marcus Padrini fevereiro 5, 2011 3 Comments »

Se ainda há discussões sobre o iPad já poder ou não ser considerado um novo instrumento musical, uma coisa é fato: o tablet da Apple já é um ótimo parceiro para equipamentos musicais diversos, incluindo produtos criados em épocas em que o iPad nem sonhava existir. Isto é possível graças à boa e velha tecnologia MIDI e também aos acessórios e apps que apostam nesta possibilidade. Este é um artigo extra da série especial Musica no iPad.

Com criatividade, é possível dar vida nova a sintetizadores mais antigos e modernos, módulos de timbre, multi-efeitos para guitarra e muito mais. Basta que o equipamento tenha, no mínimo, uma entrada MIDI e ofereça parâmetros que podem ser controlados por equipamentos externos.

No caso de sintetizadores, o potencial é imenso. Desde que estes equipamentos deixaram de ser analógicos, muitos dos botões, knobs e faders saíram do painel e viraram configurações apenas acessíveis por um pequeno display de cristal líquido e alguns poucos controles físicos. Em sistemas de síntese mais complexos, como a FM, o trabalho de edição de sons pode ser um verdadeiro “parto”. Fui um feliz proprietário de um Yamaha DX7 e posso dizer que não tenho saudades das madrugadas fazendo timbres navegando pelos menus de controle no display, com letras pequenas, alguns botões no painel e um data slider.

O blog Synthtopia postou hoje um modelo para o app TouchOSC capaz de fazer toda a edição do timbre no DX7, diretamente na tela do iPad. A minha realidade teria sido outra com algo assim.

Nesta semana, desenvolvi um modelo de controle para um sintetizador mais moderno, mas também bastante popular, o microKORG. Reconhecido pelas mini teclas e por sua capacidade de produção de poderosos timbres, o microKORG é um synth digital, de modelagem analógica, que para muitos sempre foi sinônimo de sofrimento para se criar e editar timbres. Cinco knobs e, logo abaixo deles, uma lista de quase 40 parâmetros. Você só pode alterar 5 de cada vez, tendo a certeza de que perderá muito tempo lendo a tabelinha de letras verdes.

No modelo que fizemos, para o app S1MIDITrigger, todos os parâmetros de edição estão na mesma tela do iPad. Não há abas, nem nenhum parâmetro esquecido. O vídeo de demonstração do modelo foi publicado em conceituados sites de fora do Brasil, como o Synthtopia e Create Digital Music, o que é motivo de alegria para nós.

Também deverá ser cada vez mais comum comprar instrumentos ou softwares e já receber de graça um app do iPad para controlá-lo de forma alternativa.  A Yamaha criou um aplicativo especial para controlar, sem fio, a sua linha de teclados MOTIF. A Spectrasonics também aposta em um controlador para seu instrumento virtual Omnisphere.

Tem até sistema capaz de fazer pianos tocarem sozinhos, utilizando a coleção de músicas e vídeos do iPad:

Nem só tecladistas podem usufruir da novidade. Se você é guitarrista ou baixista e tem algum multi-efeitos ou qualquer outro equipamento com entrada MIDI, é bom tirá-lo do armário. Pode ser que você consiga trabalhar com ele de uma maneira realmente nova. Se houver uma boa implementação MIDI no seu hardware, será possível trocar ações que antes eram realizadas pelo giro de vários knobs, combinados a botões e faders, por simples toques na tela do iPad.

Para outros profissionais da música, como os técnicos e engenheiros de som, as novidades também não param de aparecer. Grande empresas estão lançando apps para o tablet capazes de controlar mesas inteiras remotamente, facilitando os ajustes em uma passagem de som, ou até mesmo auxiliando em uma mixagem no estúdio. A Yamaha e a Presonus são algumas das empresas que já apostaram na idéia.

Aparentemente, os DJs e outros artistas da música eletrônica foram os primeiros a descobrir este potencial do tablet da Apple. Vídeos de modelos de TouchOSC para controle de softwares e também mostrando a utilização de apps como o TouchAble para controlar o Ableton Live já circulam na internet há vários meses. Falamos bastante sobre o assunto em nossa entrevista com o DJ Ilan Kriger.

Todos estes recursos existem graças a aplicativos e acessórios que sempre citamos aqui no MusicApps. Vale dar uma olhada no que já publicamos sobre o TouchOSC, nos artigos especiais da série Música no iPad e também em nossos reviews do S1MIDITrigger, Camera Connection Kit e Midi Mobilizer. Ah, tem ainda um resumo com as 10 perguntas mais frequentes sobre MIDI no iOS.


Posts Relacionados

3 Comments

  1. Giovani junho 14, 2013 at 12:49 am - Reply

    Meu amigo, esse app q faz tocar o piano com as musicas do iPad é coisa séria, vc tem o nome do app ou é uma pegadinha? Para ser pegadinha.

  2. musicapps junho 14, 2013 at 2:35 am - Reply

    É sério. Deste que o modelo do piano seja compatível com a tecnologia. Abs!

Leave A Response