Matérias

O que VOCÊ faz da música?

Marcus Padrini janeiro 7, 2011 12 Comments »

Estávamos observando as descrições dos perfis dos seguidores do MusicApps no Twitter e notamos a presença de pessoas que trabalham com ou vivem a música das mais diferentes formas. A curiosidade é inevitável.

Que tal compartilhar sua experiência com a gente? Queremos saber: o que você faz da música na sua vida e o que te interessou na música móvel e novas tecnologias?

Fale um pouco sobre você e a música nos comentários! :)

Posts Relacionados

12 Comments

  1. @paresq janeiro 7, 2011 at 4:13 pm - Reply

    É um prazer poder postar um trechinho da minha história aqui no MusicApps. Este blog é definitivamente um dos que mais me interessa e fico super atento conferindo diariamente os posts.

    Comecei na música aos 5 anos tocando guitarra (Aprendi com meu velho pai e grande amigo Seu Vilson). Aos 14 anos de idade troquei uma televisão velha por um tecladinho Casio. Depois disto me apaixonei pelo instrumento vendo grandes nomes do Jazz ao Rock como Jordan Rudess, Gonzalo Rubalcaba, Chick Corea, Ivan Lins, Ed Motta, Toto e o grande Egberto Gismonti.

    Em 1999 com 16 anos começei a tocar em banda de bailes com a grandiosa Banda Midia (www.bandamidia.com.br). Foi ali que cresci musicalmente tocando todos os estilos musicais. Tive o prazer de tocar com grandes músicos como Márcio Grapeia, Marcelo Grapeia, Erik Escobar, Nenê Santos, Maxuel Machado e Paulinho de Goes que foi o melhor baixista que viveu nos meus dias, mas que infelizmente não está mais entre nós. Muitas saudades irmão!!!!

    Comecei com sequencer em Midi, depois passei a usar recursos mais legais como Nuendo e posteriormente Pro Tools gravando com plugins, Samplers, VST e VSTi. Percebi que a parada ficou legal e comecei a gravar violões e vocais com os sequencer, quando isto misturava com a pegada ao vivo da banda ficava estraordinário, principalmente com o Baterista Marcelo Grapeia que parece que nem ta usando metrônomo de tão a vontade que fica no meio da quebradeira.
    Depois disto veio o sincronismo dos sequencer, midis, gravações, troca de timbres automáticas com os telões da banda. Aí sim a coisa ficou bacana. Um espetáculo!
    Hoje não vivo mais da música, por motivos pessoais achei melhor investir meu futuro na área de Segurança de Informações e hoje com 27 anos sou Analista UNIX de uma equipe de Segurança.
    Sou músico evangélico, toco teclado nas igrejas com alguns grupos e cantores do meio gospel que não possuem um nome grande AINDA… :)
    Sou apaixonado por Música, Tecnologia e também pela Apple que faz coisas ótimas para nós, portanto com esta combinação perfeita não podia deixar de registrar aqui minha humilde história que ainda não parou por aqui. Deus não me deixará parar jamais!!! :)
    Parabéns a toda a equipe do MusicApps.

  2. @paresq janeiro 7, 2011 at 4:14 pm - Reply

    Comecei na música aos 5 anos tocando guitarra. Aos 14 anos troquei uma televisão velha por um tecladinho Casio. Depois me apaixonei pelo instrumento vendo grandes nomes do Jazz ao Rock como Jordan Rudess, Gonzalo Rubalcaba, Chick Corea, Ivan Lins, Ed Motta, Toto e o grande Egberto Gismonti.

    Em 1999 com 16 anos começei a fazer bailes com a grandiosa Banda Midia <a href="http:// (www.bandamidia.com.br)” target=”_blank”> <a href="http://(www.bandamidia.com.br)” target=”_blank”>(www.bandamidia.com.br). Foi ali que cresci musicalmente tocando todos os estilos musicais. Tive o prazer de tocar com grandes músicos como Márcio Grapeia, Marcelo Grapeia, Erik Escobar, Nenê Santos, Maxuel Machado e Paulinho de Goes que foi o melhor baixista que viveu nos meus dias, mas que infelizmente não está mais entre nós. Muitas saudades irmão!!!!
    Comecei com sequencer em Midi, depois passei a usar recursos mais legais como Nuendo e posteriormente Pro Tools gravando com plugins, Samplers, VST e VSTi. Percebi que a parada ficou legal e comecei a gravar violões e vocais com os sequencers, quando isto misturava com a pegada ao vivo da banda ficava estraordinário. Depois disto veio o mix dos sequencers, midis, gravações, troca de timbres automáticas com os telões da banda. Aí sim a coisa ficou bacana. Um espetáculo!

    Hoje não vivo mais da música, por motivos pessoais achei melhor investir meu futuro na área de Segurança de Informações e hoje com 27 anos sou Analista UNIX de uma equipe de Segurança.
    Sou músico evangélico, toco teclado nas igrejas com alguns grupos e cantores do meio gospel que não são muito conhecidos AINDA :)
    Sou apaixonado por Música, Tecnologia e também pela Apple que faz coisas ótimas para nós, portanto com esta combinação perfeita não podia deixar de registrar aqui minha humilde história que ainda não parou por aqui. Deus não me deixará parar jamais!!! :)

    Parabéns a toda a equipe do MusicApps.

  3. Renan Cerpe janeiro 7, 2011 at 5:19 pm - Reply

    Sou tecladista em minha igreja e pianista para casamentos. Tenho atualmente 3 bandas. Toco em um Korg SV-1 usando o IPAD e IPHONE4 :) Abraços!!!

  4. musicapps janeiro 7, 2011 at 5:50 pm - Reply

    O pessoal comentou sobre alguns problemas aqui no comentário. Agora acredito que esteja normalizado.

  5. Edson Teco janeiro 7, 2011 at 6:00 pm - Reply

    Sou músico por hobby e tenho uma banda. Depois que descobri o iPhone e vi o potencial "musical" que ele pode propiciar, descobri o iPad, que "aumentou" esse potencial literalmente. Busco aqui apps que me ajudem a facilitar o dia-a-dia na música, como apps MIDI e de gravação.

    Até +! Parabéns pelo site!

  6. Norberto França janeiro 7, 2011 at 6:20 pm - Reply

    Iniciei minhas atividades musicais em 1988,como tecladista toquei e toco em bandas de estilos diferentes e acompanho artistas. Apaixonado por instrumentos vintage e tecnologia musical,sempre procuro mesclar sonoridades utilizando em meus trabalhos intrumentos vintage clásicos e também instrumentos modernos, simulador de hammond,synth VA(Virtual Analog), digital workstation,samplers,equipamentos de video e tudo de mais moderno tecnologicamente a favor da música.

  7. @neemiasmt janeiro 7, 2011 at 6:44 pm - Reply

    Sou pianista/tecladista desde a primeira série. Tenho 21 anos, mas não vivo disso. Sou programador mas pretendo tentar uma carreira como músico por estar muito motivado a isso e estarem surgindo várias oportunidades na área.

    Comecei a me interessar por synths há mais ou menos um ano e meio ao mesmo tempo que conheci o iPhone e comecei a me interessar muito por ele e suas possibilidades. Atualmente estou estudando piano clássico e popular e tocando numa banda de metal progressivo, tentando usar as mais diversas possibilidades de criação de sons seja num teclado sintetizador, iPad (recentemente adquirido), ou o que mais gerar sons interessantes para serem usados em composições. :)

  8. @moabe_vettore janeiro 7, 2011 at 7:25 pm - Reply

    Eu toco violino desde os 8 anos de idade, hj em dia faço faculdade de licenciatura em música na UFRJ, e me interesso bastante por música digital, e pretendo começar a investir nessa área, pois nós que vivemos de música precisamos diversificar nossas atividades..

  9. @rodrigogsaab janeiro 7, 2011 at 8:14 pm - Reply

    A musica faz parte da minha vida, desde dos 11 anos de idade começei a tocar guitarra e por ai começou minha paixao, fiz alguns cursos de musica e de audio e gravação e ate cheguei a trabalhar em um estudio e gravar um DVD (VIVER POR TI – CTMDT) hoje tenho 26 anos mas nao vivo da musica, mas quando resolvi adquirir um iPod Touch estava procurando qualidade para escutar minhas musicas e encontrei mas pensava que iria só até ai.

    Mas não, descobri um universo musical e tecnologico imenso, agora com esse universo de coisas musicais pra se fazer com esses aparelhos da apple, estou muito animado e ansioso por ter achado o pessoal do musicapps para nos ajudar e manter informados.

    Abraços.

  10. Leandro janeiro 7, 2011 at 10:00 pm - Reply

    Comecei aprender violão (popular) com 12 anos de idade, aos 14 anos fui para a guitarra. Sempre gostei de tocar apesar de nao me dedicar muito ao instrumento como deveria. Hoje, na faculdade, tenho ainda menos tempo. Porém, entre os estudos, banda e festas gosto de criar algumas coisas e fazer algumas gravações caseiras usando o Sonar e alguns VSTi. Pouco a pouco estou trabalhando em algumas composições. Há 2 anos adquirí um iPod Touch (1ª geração) e fiquei impressionado com a qualidade dos apps musicais que o aparelho tinha. São muitas as possibilidades!

    Gravei este vídeo há algum tempo usando os apps do iPod, deem uma conferida! http://www.youtube.com/watch?v=dqJ_mDWDNZE

  11. Walter Cruz janeiro 10, 2011 at 12:41 pm - Reply

    Comecei na música com 10 anos de idade, aprendendo a tocar teclado para tocar na igreja. De lá pra cá me apaixonei por synths, e mais recentemente por música eletrônica. É isso!

  12. Valberg fevereiro 4, 2011 at 11:52 pm - Reply

    Bem, desde muito pequeno me interesso por música, meu pai costumava dizer que só dormia ouvindo Michael Jacksom, Madonna, etc. Depois conhecendo a dance music me apaixonei pelas batidas fortes do Africa Bambatta, fiz cursos para DJ e montei um sonzinho, fazia festinhas, 15 anos, casamentos entre outros. Hoje sem tempo sou DJ por hobby, e vi no ipad uma ferramenta de um custo benefíco muito superior, aos equipamentos do mercado. Pesquisando mais sobre ipad, iphone achei vcs da MA e me apaixonei pelos dispositivos IOS. É isso…
    Um abraço a todos.

Leave A Response


9 × cinco =