Matérias, Notícias, Reviews, Reviews de Apps, iPad

Quer aprender um instrumento original no iPad? Tente o Mugician!

Marcus Padrini dezembro 15, 2010 2 Comments »

Este é um mini review com o relato da minha experiência de uma semana tocando com o app Mugician para iPad. Ele não é novo, já é conhecido por muitos, incompreendido por outros, mas com certeza vale apontar alguns detalhes que fazem deste aplicativo um dos que mais se aproximam de instrumentos musicais de verdade.

Se você não tem nenhum conhecimento de teoria musical e nem toca nenhum instrumento, talvez o Mugician não seja uma boa opção. O desenvolvedor é claro em afirmar que seu público alvo são os músicos.

Para quem quer aprender um instrumento original para o iPad, desenvolvido levando em consideração as características do tablet e pensando todo o tempo em tocabilidade, o Mugician é uma ótima opção. Mas já aviso, se encará-lo com instrumento, o aprendizado não será diferente de outro convencional e exigirá treino e determinação.

Jordan Rudess já se divertiu com o Mugician:

Detalhando o Mugician

O que o desenvolvedor Rob Fielding fez foi simplificar sua interface gráfica ao máximo e investir muito na tocabilidade do app. Com o Mugician você será capaz de fazer alterações significativas no timbre, trabalhar com dois efeitos (reverb e delay) e distorção. Poderá também definir a polifonia e até mesmo a retirada dos trastes da interface. Neste modo, cada local da mesma nota que você tocar emitirá um som diferente, não necessariamente na frequência correta das notas de um piano, mas em frequências próxima.

A melhor maneira para entender é pensar em um violão e em um violino. O violão possui trastes que separam as casas, cada uma destas casas será uma nota musical bem definida, quando o instrumento estiver afinado. Em um violino não há trastes e nem nenhuma outra divisão de notas. O músico se orienta pelo ouvido e pela prática, podendo percorrer os vários sons que existem entre uma nota e outra.

O Mugician permite tocar das duas formas: com notas muito bem definidas e em modo totalmente microtonal (neste caso, desejo boa sorte a você). Esta mudança pode ser feita gradativamente no app pois existem configurações intermediárias.

O tamanho da tela do iPad e a disposição das notas garantem que uma boa faixa de oitavas esteja presente no app. Um outro detalhe importante é que todas as notas musicais estão sempre disponíveis, não havendo maneira para customizar escala ou algo do gênero. Assim como em instrumento reais, escalas, arpejos e outros serão bem executados apenas com a prática.

Quer um app para tocar rápido?

Por mais incrível que pareça, o desenvolvedor do Mugician já disponibiliza via e-mail uma espécie guia de desenvolvimento de técnica no app. Segundo ele, muitas pessoas tocam com apenas uma mão, mas o máximo de performance pode ser obtido quando se utiliza as duas.

A prova? A qualidade do vídeo não é a melhor, mas dá para perceber o que ele faz no app com as duas mãos.

Teste da versão com sensibilidade à pressão

Como postei mais cedo, tive o privilégio de testar uma versão do Mugician com o recurso de sensibilidade à pressão habilitado. Depois de mostrar o Rob tocando fico meio constrangido em mostrar a minha performance de lesma no app, mas espero que sirva para ao menor ilustrar o recurso.

É importante dizer que este recurso não está presente na versão do Mugician na App Store e foi conseguido diretamente com o Rob Fieldman. Se quiser mais informações sobre, entre em contato conosco.

Ah, observe que há uma importante diferença entre a interface atual do Mugician e a das imagens de divulgação. Agora o usuário conta com o nome das notas indicados na interface (dá para ver no vídeo acima) e isto ajuda bastante.

Finalizo dizendo que, para quem quer apenas se divertir com um app que gera sons legais, que seja 80% diversão, sem se preocupar muito com o que está acontecendo, definitivamente o Mugician não é uma boa escolha.

Para músicos, o Mugician é desafiador em um primeiro momento, mas pode ser extremamente útil e divertido com alguma prática. A sensação de evolução no controle das técnicas no app é realmente muito boa e parecida com constatar a sua melhora em um instrumento de verdade. Os timbres são bons e a tocabilidade é excelente.

Mugician (AppStore Link) Mugician
Desenvolvedor: Robert Fielding
Preço: Free
Baixar na App Store!

Tela do app: (sim, o app tem UMA tela…)


Posts Relacionados

2 Comments

Leave A Response


quatro × 5 =