Review iSequence para iPad

iSequence para iPad

Se você busca um sequenciador para iPhone ou iPad de fácil utilização e muitas possibilidades, é hora de conhecer em detalhes o iSequence, da BeepStreet. Neste review apresentaremos a versão para iPad, que foi redesenhada para o tablet, otimizando a interface para a tela maior e oferecendo ainda mais recursos interessantes ao usuário. Aliás, vale comentar que o iSequence foi o primeiro app a me passar a certeza de que estes aplicativos musicais seriam mais do que brinquedos nas mãos de músicos e produtores. Sua qualidade sonora e recursos favorecem bastante a criação de músicas de uma maneira simples e intuitiva.

O iSequence é um sequenciados de 8 pistas,  com efeitos DSP integrados e com mais de 160 instrumentos de fábrica para rápida utilização. Mesmo com tantos instrumentos, ainda é possível adquirir diversos outros, diretamente pelo app, em um opção para compra online.

Confira a demonstração dos bancos de timbres adicionais do iSequence:

Electrohouse

Acoustic Bank

Funny Farm

O que faz do iSequence tão especial, além da qualidade dos seus timbres, é sua interface. Trabalhar com este app é extremamente simples e divertido. Ações básicas que aprendemos na utilização de computadores como selecionar, copiar, colar, recortar, arrastar, estão todas lá, sem nenhuma complicação. É possível selecionar blocos inteiros de notas e movê-los para onde desejar, clonar ou repetir blocos, etc. O mais interessante é que é você quem escolhe a maneira como quer trabalhar com o iSequence. Se desejar, defina o tempo e monte sua música apenas acrescentando as notas e vá dando play para conferir o resultado. Porém, caso queira algo mais dinâmico, é possível gravar tudo sem nunca ter que parar a reprodução.

No iSequence, as pistas não estão vinculadas aos instrumentos e isto pode confundir um pouco no início.  Na verdade, este recurso amplia e muito as possibilidades do app. Isto quer dizer que é possível utilizar diversos instrumentos em uma mesma trilha e que a limitação está vinculada ao número de pistas e não ao de instrumentos. Ou seja, você pode usar sempre 8 instrumentos simultâneos (não polifônicos) e pode variar estes 8 instrumentos ao longo da música sem nenhum problema. Aliás, aqui mesmo está uma característica que merece ser observada. Se um dos seus instrumentos for um piano, por exemplo, e num dado momento da música você gravar um acorde com 3 notas, no momento exato do acorde apenas outras 5 pistas estarão disponíveis para outros instrumentos, pois as três primeiras estarão ocupadas com as notas do piano.

O acionamento das notas no app pode ser feito de duas formas: por meio de um teclado de piano ou de pads, com os de uma bateria eletrônica. A resposta de ambos é excelente, mesmo em condições extremas como tocar por cima de vários instrumentos já gravados. Como outros recursos do iSequence ainda estão: a possibilidade de exportar suas músicas (ou trechos selecionados) para wav, midi ou para a clipboard do iPad e utilizar o audio em outros aplicativos do tablet, carregar samples personalizados para utilizar como instrumentos e trocar arquivos com o computador por wi-fi.

No vídeo abaixo, fiz um teste do iSequence para a produção de uma idéia rápida. Na verdade, abri o app e comecei a inventar alguma coisa. Em poucos minutos havia uma idéia mais ou menos estruturada. Para completar a música, decidi gravar uma flauta com o auxílio do app StudioTrack da Sonoma Wire Works, o primeiro para iPad a vir com multi efeitos embutido. Todo o processo foi realizado utilizando apenas o iPad como ferramenta de gravação do audio, sem nenhuma participação do desktop. Segue o resultado:

Para quem desejar ver um tutorial detalhado feito pelo desenvolvedor (em inglês):

Vamos ao resumo do iSequence para iPad:

O que há de bom:

  • Interface que favorece a criatividade e velocidade para criação de músicas.
  • Boa qualidade de timbres, ótima quantidade de timbres já existentes de fábrica e a possibilidade de adquirir mais online, diretamente pelo app.
  • Possibilidade de utilizar seus próprios samples (devem ser importados para o app).
  • Teclados e pads com boa resposta para gravação ou performance.
  • Efeitos internos e controle de automação de alguns parâmetros que auxiliam a modificar o som durante a execução.
  • Sequenciador simples e funcional.
  • Compartilhamento de arquivos via wi-fi.
  • Possibilidade de exportação de trechos ou de toda a música para wav, midi ou área de transferência.

Pode melhorar:

  • Mesmo fazendo parte do conceito do app, a limitação de oito pistas pode comprometer as composições em alguns momentos.
  • Não consegui localizar a opção no aplicativo para alterar o compasso da música, apenas fui capaz de alterar os bpm, mas o 4/4 é constante. Mesmo que exista, está tão escondido que acaba de nada adiantando.
  • Permitir a gravação de samples diretamente no aplicativo.

E finalmente:

-Versão exclusiva para iPad

[app 369873168]

Tocabilidade [Rating:4.5/5]
Qualidade Sonora: [Rating:4/5]
Interface gráfica: [Rating:4/5]
Flexibilidade: [Rating:4/5]
Profissional: [Rating:4/5]
Diversão: [Rating:4/5]
Geral: [Rating:4/5]

Conclusão:

O iSequence é ideal para a criação e registro de idéias rápidas ou pequenas composições (no que se refere à quantidade de instrumentos e pistas simultâneas). Acredito que para jingles e vinhetas seja uma das melhores ferramentas disponíveis para iPad pois, além dos ótimos timbres existentes, sempre existe a possibilidade de exportar tudo para Midi e utilizar depois os sons que desejar no desktop. O iSequence merece destaque pois foi um dos primeiros apps a trazer um nível de qualidade e interface que outros apps só estão atingindo atualmente.

Confirma mais telas do app:

Curta e compartilhe!