Matérias, Notícias, Reviews, Reviews de Apps

Review Olsynth para iPad

Marcus Padrini julho 30, 2010 1 Comment »

Há muito ouvimos os sons dos teclados sintetizadores. Estes instrumentos, bastante populares há várias décadas permitiram ao músico produzir timbres que poderiam ir além daqueles que já existiam nos instrumentos acústicos ou elétricos tradicionais, por meio da criação dos sons utilizando um processo de combinação de centenas de variáveis, conhecido como síntese. Existem vários processos de síntese (subtrativa, aditiva, FM, etc) diferentes para gerar os sons, cada uma com suas características e possibilidades. Um dos processos mais antigos e facilmente compreensíveis é a síntese subtrativa, utilizada no mais famoso sintetizador analógico de todos os tempos, o MiniMoog. A idéia do processo é simples: trabalhar as formas de onda puras geradas por um oscilador, aplicar diversos filtros e depois amplificá-las. Os primeiros sintetizadores que utilizaram a síntese subtrativa eram analógicos e monofônicos e , mesmo com todas as limitações, com a criatividade dos músicos foram responsáveis pela criação de grandes timbres registrados nos mais diferentes estilos musicais.

Os sintetizadores monofônicos clássicos, como são conhecidos, nunca saíram de moda. É justamente apostando na reprodução deste modelo que foi criado o Olsynth para iPad. Desenvolvido pela Olsonvox, de Daniel Olson, o Olsynth é um app que simula um sintetizador monofônico e oferece diversas variáveis para o controle e criação de timbres. Lá estão os osciladores, filtros, controles de modulação e pitch. Tudo bem apresentado e extremamente simples de configurar.

Com interface limpa e simples, o Olsynth apresenta 7 módulos que podem ser acessados apenas deslizando o painel que fica acima do teclado para cima ou para baixo. São eles:

- Dois osciladores com 4 formas de onda / Controle de Glide
- Controle de frequência e afinação dos osciladores
- Modulação
- Módulo de filtro
- Módulo de Envelope
- Configurações de Envelope e filtro
- Arpejador

Como o próprio app diz em sua apresentação, as possibilidades de criação de sons são realmente infinitas. Em sete páginas de configuração, qualquer variável minimamente alterada gera diferença no timbre emitido. Trata-se inclusive de um app bastante didático para quem deseja aprender o básico sobre síntese em teclados e construção de timbres.

Veja o vídeo com os controles do Olsynth:

É importante deixar claro que se você espera comprar o Olsynth e encontrar nele centenas de presets e timbres prontos, pelo menos por enquanto, ele não é para você. A versão atual não apresenta nenhum preset de fábrica. Todo o processo de criação dependerá do seu bom senso e criatividade. Um problema ainda existente é que o Olsynth não permite gravar os timbres que você gerar em forma de presets de usuários. Desta forma, a cada vez que você entrar no aplicativo e quiser tocar um timbre com determinadas características, terá que fazê-lo do zero. Segundo o desenvolvedor, estas e outras funções serão incluídas nas próximas atualizações. Aliás, o desenvolvedor Daniel Olson foi extremamente simpático e colaborativo com o MusicApps. Ele tem uma experiência profissional de mais de 10 anos trabalhando na Apple e agora dedica-se exclusivamente à criação de seus próprios aplicativos para os dispositivos da maçã.

Confira alguns timbres gerados no Olsynth (fornecidos pelo desenvolvedor):

arpeggio
filter-modulation
glide
triangle-pitch-modulation
triangle-low-Reverse-Saw-tooth-low

O que há de bom:

  • Interface limpa, simples e intuitiva.
  • Total controle sobre os timbres gerados, com muitas possibilidades de configuração.
  • Boa tocabilidade. Teclas respondem muito bem e tem ótimo tamanho. Navegar pelas oitavas também é bem simples.
  • Arpejador simples e funcional.
  • Ideal para quem deseja aprender ou experimentar o processo de criação de timbres em sintetizadores.
  • Boa sonoridade.

Pode melhorar:

  • Novas versões poderiam trazer bancos com presets de fábrica, permitindo ao usuário utilizá-los e alterá-los, se necessário.
  • É fundamental a implementação da opção de salvar os timbres construídos em presets de usuários. Isto fará do Olsynth um bom app para performance.
  • Nenhum efeito está disponível dentro do app. Seria excelente contar com um reverb ou delay para evitar a utilização de outros equipamentos em uma performance, por exemplo.

E finalmente:

-Versão exclusiva para iPad

olsynth (AppStore Link) olsynth
Desenvolvedor: Daniel Olson
Preço: USD 6.99
Baixar na App Store!

Tocabilidade (4/5)
Qualidade Sonora: (3.5/5)
Interface gráfica: (4/5)
Flexibilidade: (3/5)
Profissional: (2.5/5)
Diversão: (4/5)
Geral: (3.5/5)

Conclusão:

O Olsynth cumpre seu objetivo. Ele se propõe a reproduzir o conceito de um sintetizador monofônico clássico e faz isto muito bem. Obviamente não devemos esperar aqui sons de moog, mas podemos conseguir alguns timbres característicos e entender bastante sobre o processo de formação dos sons por meio da síntese subtrativa. Para ser mais do que um app didático e se tornar um instrumento musical útil até para os palcos o Olsynth precisa de recursos como a apresentação de presets de fábrica e a possibilidade do usuário salvar seus próprios timbres criados e alterados. A inserção de efeitos, como reverb e delay, também seria uma grande melhoria. Para quem gosta de síntese ou se interessa por geração de timbres, o Olsynth é extremamente divertido, simples e funcional.

Veja todas as telas do Olsynth:


Posts Relacionados

One Comment

Leave A Response


× oito = 48