Matérias, Notícias, Reviews, Reviews de Apps

Review Bebot: sintetizador robô para iPhone e iPad

Marcus Padrini julho 5, 2010 3 Comments »

Tudo bem, a julgar pela foto acima é difícil acreditar que o robozinho simpático é realmente um instrumento musical. Mas acredite, ele é. O Bebot trouxe uma revolução para os instrumentos musicais para iPhone e iPod Touch. Devido à sua nova interface, o usuário (ou músico) ganha muito em tocabilidade. Em vez de teclas, pequenas linhas representam as notas, as escalas podem ser configuradas, assim como a quantidade de notas que serão exibidas na tela em cada preset.

Inicialmente, os sons do Bebot lembram os do Theremin e isto pode soar divertido por alguns minutos. Acredito que boa parte das pessoas que utilizaram o Bebot possam ter desistido por aí mesmo, sem querer explorar o que o robô tem a oferecer de melhor. O Bebot é polifônico, apresenta várias configurações de escalas pré-definidas, além da possibilidade de você criar a sua. Nos presets, além das configurações de escala, é possível alterar formas de onda, filtros e modulação, além das configurações de pitch bastante interessantes. Existe a opção de salvar presets do usuário, guardando todas estas configurações.

Os pontos fracos passam pela sonoridade que não é nada horrível, mas também não é nada surpreendente. Não existem muitas opções de controle para alterar os timbres, filtros são poucos, assim como efeitos. Além disso, uma das coisas mais legais para o desenvolvedor explorar nos aplicativos touch é a interface gráfica. Neste ponto, conviver mais do que alguns dias com este robô cantor, sem a opção de removê-lo, ou de alterar o backgorund não é tarefa das mais agradáveis. Todos estes problemas seriam alterados com o lançamento do MorphWiz (app de Jordan Rudess que acabou sendo uma versão mega turbinada do Bebot).

Recentemente foi lançada a versão do Bebot para iPad proporcionando melhoras na tocabilidade, deixando o músico bem mais confortável para fazer acordes ou passagens rápidas.

O que há de bom:

  • Interface customizável de linhas representando as notas.
  • Controle macio da tocabilidade com glissandos simples e de ótima sonoridade.
  • Possibilidade de salvar presets de usuário.
  • Extremamente pequeno e leve.

Pode melhorar:

  • Poucos controles que interferem profundamente na alteração de timbres.
  • Poucos efeitos internos.
  • Não é possível remover o robô nem alterar a cor de fundo.
  • Quando tocadas, as linhas não indicam qual delas você está pressionando naquele momento.

E finalmente:

Bebot - Robot Synth (AppStore Link) Bebot – Robot Synth
Desenvolvedor: Russell Black
Preço: USD 1.99
Baixar na App Store!

Tocabilidade (3.5/5)
Qualidade Sonora: (3/5)
Interface gráfica: (2.5/5)
Flexibilidade: (2.5/5)
Profissional: (2/5)
Diversão: (3.5/5)
Geral: (2.8/5)

Conclusão: Para quem é para quem não é músico, pelo preço que é vendido, o Bebot é diversão na certa e vale a pena comprá-lo. Para quem tem a intenção de fazer algo mais profisisonal com este tipo de interface o app mais recomendável atualmente é o Morph Wiz. Porém, este custa $9,99 na App Store.


Posts Relacionados

3 Comments

Leave A Response


um × = 9